Sociedade

Viação: mortes de crianças diminuíram 73%

Nos últimos 12 anos registou-se uma diminuição de óbitos de crianças em acidentes rodoviários superior a 70%, revelou esta quarta-feira a Associação para a Promoção da Segurança Infantil. Mesmo assim, cerca de mil crianças morreram em acidentes rodov
Versão para impressão
Nos últimos 12 anos registou-se uma diminuição de óbitos de crianças em acidentes rodoviários superior a 70%, revelou esta quarta-feira a Associação para a Promoção da Segurança Infantil. Mesmo assim, cerca de mil crianças morreram em acidentes rodoviários em Portugal durante este período.

No Dia Europeu da Segurança Rodoviária, que se assinalou quarta-feira, a Associação para a Promoção da Segurança Infantil (APSI) revelou os números de “mortes precoces e evitáveis” nas estradas portuguesas: mil crianças perderam a vida nos últimos 12 anos e por cada uma delas 130 ficaram feridas.

“Este tipo de acidentes continua a ser a maior causa de morte na infância e adolescência”, sublinhou Sandra Nascimento, dirigente da APSI, citada pelo Jornal de Notícias.

De acordo com a avaliação feita desde 1988, o número de crianças que morreram na sequência de um acidente rodoviário tem vindo a diminuir de forma significativa: 420 crianças até aos 17 anos mortas no triénio 1998/2000 e 115 no período 2007/2009, ou seja, uma diminuição de 73%.

Segundo a APSI, no triénio 2007/2009 morreram, em média por ano, pelo menos 38 crianças até aos 17 anos, 359 sofreram ferimentos e 4630 ferimentos ligeiros.

“Isto significa que, todos os dias, 14 crianças são vítimas de um acidente rodoviário em
Portugal: oito passageiras, quatro como peões e duas enquanto condutoras”.

A APSI sublinha que quase metade das mortes aconteceu no grupo das crianças com mais de 14 anos (45%).

[Notícia sugerida pela utilizadora Céu Guitart]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close