Ambiente

Vento produziu mais energia que o carvão

Pela primeira vez em Portugal no ano passado a quantidade de energia produzida pelos parques eólicos foi maior que a das centrais de carvão. A chuva de 2010 pôs as barragens a gerar mais eletricidade, o que levou a uma queda do carvão em 45%, o sufic
Versão para impressão
Pela primeira vez em Portugal no ano passado a quantidade de energia produzida pelos parques eólicos foi maior que a das centrais de carvão. A chuva de 2010 pôs as barragens a gerar mais eletricidade, o que levou a uma queda do carvão em 45%, o suficiente para ser ultrapassada pela eólica.

Beneficiando de um ano atípico para a produção térmica baseada no carvão, as eólicas, com um crescimento de 20%, tornaram-se a terceira principal fonte de abastecimento eléctrico de Portugal, apenas atrás da hídrica e das centrais de ciclo combinado a gás natural.

Segundo a notícia avançada pelo jornal Negócios Online, em 2010, os dados da REN – Redes Energéticas Nacionais indicam que os parques eólicos injetaram no sistema eléctrico português 9,03 terawatt hora (TWh).

O volume de produção foi suficiente para abastecer três milhões de consumidores na baixa tensão normal (quase dois terços das famílias portuguesas que este ano pagarão mais 3,8% pela electricidade).

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close