Inovação e Tecnologia

UTAD cria tecnologia inovadora para pedir socorro

NULL
Versão para impressão
Pedir socorro por telemóvel vai ser mais fácil graças à nova aplicação “SOS Phone” desenvolvida pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), que permite usar serviços de emergência sem recurso à voz e sem necessitar de realizar chamadas telefónicas.

O projeto foi desenvolvido por duas alunas do curso de Engenharia Biomédica e dois professores do Departamento de Engenharias.

O “SOS Phone” mostra-se particularmente promissor para surdos, idosos e situações de pânico. A aplicação inovadora dispensa a comunicação oral ou escrita, bastando seleccionar opções pictográficas que simbolizam os aspectos a relatar.

Este novo sistema permite descrever diversas situações de emergência seleccionando ícones com o dedo num ecrã de toque. A equipa acredita que assim se consegue um relato muito rápido do ocorrido, já que se dispensa o longo questionário que habitualmente caracteriza uma chamada telefónica para um serviço de emergência.

Terminada a comunicação, é enviada para a central de emergência uma mensagem contendo o código correspondente às situações reportadas e as coordenadas de localização do utilizador, de forma a facilitar uma mais rápida assistência.

Já na central de emergência, o código enviado é descodificado automaticamente. A equipa explica que este processo pode ser concluído “de forma muito rápida”.

“Dependendo da situação a reportar poderá demorar entre apenas alguns segundos e 1 ou 2 minutos”, informam em comunicado.

Benjamim Fonseca, professor do Departamento de Engenharias da UTADe um dos responsáveis pela aplicação explicou ao Ciência Hoje que a disponibilização deste sistema para utilização pública “vai depender das negociações encetadas com o Sistema Nacional de Emergência”, acrescentando que “este primeiro protótipo pretende apenas validar a sua aplicabilidade”.

A apresentação pública do SOS Phone decorrerá no próximo 2 de Julho, no Centro Comercial Dolce Vita Douro, em Vila Real, onde serão encenadas situações de emergência por alunos da UTAD, sendo convidados os transeuntes a testar a aplicação num telemóvel.

Veja AQUI o comunicado da UTAD.

[Esta notícia foi sugerida por Raquel Baêta e Sérgio Gonçalves]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close