Inovação e Tecnologia

Usar o computador para aprender a meditar

Se não os podes vencer junta-te a eles. Este é o lema do projeto Calm.com, um site com respetiva aplicação móvel que quer ajudar qualquer pessoa, mesmo aqueles que não conseguem desligar o computador, a meditar.
Versão para impressão
Se não os podes vencer junta-te a eles. Este é o lema do projeto Calm.com, um site com respetiva aplicação móvel que quer ajudar qualquer pessoa, mesmo aqueles que não conseguem desligar o computador, a meditar.
 
Já todos ouvimos falar dos benefícios que obtemos quando fazemos uma pausa para fechar os olhos e respirar. Ou seja, os benefícios da meditação ou, até mesmo, da técnica 'mindfulness' (que embora seja diferente da meditação aposta no mesmo tipo de “concentração no momento”). 
 
Uma praia, uma vista sobre a montanha, chuva a cair sobre as árvores, ou um dia de verão. Estes são apenas alguns dos cenários que podemos escolher em Calm.com. Depois, basta por os auscultadores, escolher o tempo de meditação desejado, que pode variar entre 1 minuto e 8 horas, e respirar fundo. 
 
O site e a aplicação oferecem ainda, de forma gratuita, um curso de introdução à técnica de Mindfulness, com duração de sete dias, que promete “reduzir o stress e a ansiedade do dia-a-dia”. “Vivemos vivemos numa pressão diária para sermos bem-sucedidos, correndo contra o relógio”, ouve-se na introdução do curso que promete “mais calma, clareza, alegria” e até “um sono mais descansado”.
 
O Calm.com oferece outros cursos de meditação guiada (dedicados a aumentar a concentração ou a melhorar o sono) mediante o pagamento da versão 'premium' que custa 9.99 dólares (cerca de 9 euros) por mês ou 39.99 dólares/mês, para quem aderir ao plano anual. 

Dois minutos a ver o mar
 
Os fundadores do Calm.com são também os responsáveis pela página Do Nothing for 2 Minutes que desafia os utilizadores a ficarem dois minutos a ver o mar e a ouvir as ondas, no écran do computador, sem mexer no rato nem no teclado. Parece simples mas experimente por si próprio e verá que a tentação de 'surfar' a internet é mais forte do que pensamos.

O projeto Calm foi criado pelos britânicos Alex Tew (fundador do site Million Dollar Homepage) e Michael Acton Smith (autor do jogo Moshi Monsters) e já ganhou um prémio, em 2015, da agência All Response Media, na ordem dos 50 mil euros. 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close