Mundo

UNICEF: Mortalidade infantil caiu um terço

O número de crianças que morrem antes de completar 5 anos caiu um terço nos últimos vinte anos. Segundo avança a UNICEF, desde 1990 passou-se dos 12,4 milhões para o valor registado em 2009, de 8.1 milhões de crianças a morrerem antes dos 5 anos.
Versão para impressão
O número de crianças que morrem antes de completar 5 anos caiu um terço nos últimos vinte anos. Segundo avança a UNICEF, desde 1990 passou-se dos 12,4 milhões para o valor registado em 2009, de 8.1 milhões de crianças a morrerem antes dos 5 anos.

As estimativas revelam que a taxa de mortalidade infantil até aos cinco anos no mundo passou de 89 óbitos por mil nados vivos, em 1990, para os 60, em 2009.

Para o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), os dados sugerem que menos 12 mil crianças morrem atualmente por dia, comparativamente com 1990.

Apesar da quebra, a Unicef alerta, contudo, que continuam a morrer 22 mil crianças menores de cinco anos, por dia, e cerca de 70% dessas mortes ocorrem no primeiro ano de vida da criança. Índia, Nigéria, República Democrática do Congo, Paquistão e China são os países que mais contribuem para estes números.

De acordo com um artigo publicado na revista Lancet, e citado pela agência Reuters, os países que avançaram no combate à mortalidade infantil fizeram-no graças a uma rápida expansão na saúde pública e nos serviços de saúde, como vacinações, amamentação, suplementos de vitamina A e oferta de água potável.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close