Cultura

Unesco intervém nas Ruínas de Pompeia

Depois de uma série de derrocadas nas ruínas da cidade de Pompeia, em Itália, especialistas da Unesco deslocam-se esta semana ao local para examinar e avaliar o sucedido de forma a identificar a razão dos colapsos e tentar implementar as medidas de s
Versão para impressão
[Fotografia: AFP]
Depois de uma série de derrocadas nas ruínas da cidade de Pompeia, em Itália, especialistas da Unesco deslocam-se esta semana ao local para examinar e avaliar o sucedido de forma a identificar a razão dos colapsos e tentar implementar as medidas de segurança e preservação necessárias.

De acordo com a BBC, o objetivo da visita de três dias da equipa da Unesco é também o de encorajar as autoridades italianas a adotarem um plano para o futuro.

“Podemos aconselhar e trabalhar com eles, mas a responsabilidade última pelo sítio está nas mãos das autoridades italianas”, adianta uma porta-voz da Unesco, Sue Williams à BBC.

Três paredes ruíram esta semana devido à chuva que caiu. A primeira derrocada ocorreu a 6 de novembro, altura em que a Casa dos Gladiadores desabou completamente. Conhecido como Schola Armaturarum, era o local de treino dos gladiadores antes dos combates no anfiteatro.

O Presidente italiano, Giorgio Napolitano, descreveu os colapsos como “uma vergonha para Itália”. A cidade de Pompeia ficou completamente soterrada pelas cinzas vulcânicas em no ano de 79AC devido à erupção do Monte Vesúvio. No séc. XVIII foi descoberta e proclamada como Património Mundial da Unesco em 1997.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close