Inovação e Tecnologia

UMinho cria reator “único” para águas residuais

Cinco investigadores da Universidade do Minho (UM), em Braga, criaram um reator "único a nível mundial", que permite o tratamento de águas residuais com elevado teor de gordura. A invenção, entretanto patenteada, foi esta semana cedida por contrato à
Versão para impressão
Cinco investigadores da Universidade do Minho (UM), em Braga, criaram um reator “único a nível mundial”, que permite o tratamento de águas residuais com elevado teor de gordura. A invenção, entretanto patenteada, foi esta semana cedida por contrato à Ambisys, uma spin-off da UM.

 A invenção pode ser aplicada a uma vasta área de indústrias como matadouros, lacticínios, transformação de peixe, lagares de azeite ou refinarias de óleos.

“A grande novidade é que este reator consegue tratar as águas industriais com alto teor de gordura, enquanto que todos os que existiam até agora removiam a gordura antes de tratar a água”, explicou à Lusa, Merijn Picavet, um dos autores do projeto.

A Ambisys passará, assim, a ter a exploração e comercialização directa do produto patenteado, através de uma licença que tem carácter exclusivo a nível mundial.

“Esta iniciativa acentua a abertura da universidade à indústria, a sua preocupação ambiental e a aposta na inovação tecnológica”, salienta, em comunicado, a UM.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close