Educação e Formação Em Destaque

UMinho acolhe summer school de apoio à reconstrução da Síria

Iniciativa realiza-se de 18 a 28 de julho, em Guimarães. Conta com o apoio da ONU
Versão para impressão


A Escola de Arquitetura da Universidade do Minho reúne de 18 a 28 de julho, em Guimarães, uma centena de estudantes, docentes e profissionais de várias áreas disciplinares na Summer School“Rebuilding Syria from Within”. Os participantes vão ser convidados a refletir e explorar soluções que possam contribuir para a reconstrução de algumas das cidades sírias mais afetadas pela guerra. Esta iniciativa é organizada pela Plataforma Global para Estudantes Sírios, pela UMinho e pela Universidade IUAV de Veneza (Itália), com o apoio da United Nations Economic and Social Commission for Western Asia – National Agenda for Syria. O período de inscrição decorre até ao dia 27 de junho.

Os participantes, ligados aos domínios da arquitetura, engenharia, planeamento urbano e arquitetura paisagista ou com especial interesse naquela região, vão dedicar oito horas por dia a trabalhos de atelier, conferências e atividades sobre a cultura síria. Pretende-se com isso levá-los a aprofundar e debater os temas complexos que a reconstrução da Síria coloca. Deseja-se também que os inscritos adquiram conhecimentos relacionados com a respetiva área de especialização e sejam devidamente contextualizados na problemática mais abrangente da reconstrução, para virem a desempenhar um papel ativo no processo. Esta ação procura ainda incentivá-los ao envolvimento em projetos de cariz científico, nomeadamente em teses de mestrado e de doutoramento, entre outros objetivos.

Deste programa destaca-se a realização de um workshop com dez equipas dedicadas a diferentes cidades da Síria, nomeadamente Homs, Daraa, Raqqa e Deir-ez-Zor. Cada grupo terá que desenvolver propostas de reabilitação de determinada área, integrando questões sociais e urbanas, como a estrutura de espaços públicos e infraestruturas coletivas, a reedificação de instalações de saúde e educação, a inclusão da vegetação no ambiente construído, o acesso a transportes públicos e a reciclagem de escombros. Os ateliers serão orientados por uma equipa que integra um professor e dois tutores, um dos quais sírio. Os projetos serão expostos na Escola de Arquitetura da UMinho no final da formação.

Summer School prevê ainda um programa complementar articulado com a cidade vimaranense, que integra exposições, visitas de estudo, música, poesia, um concurso de fotografia e uma noite de cinema sírio no Largo de Oliveira, localizado no centro de Guimarães.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close