Sociedade

UMAR inicia campanha contra o assédio sexual

A União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR) vai tentar consciencializar durante o próximo ano todos os portugueses contra o assédio sexual, um "crime insidioso", no âmbito da projeto intitulado "Rota dos Feminismos contra o Assédio Sexual na ru
Versão para impressão
A União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR) vai tentar consciencializar durante o próximo ano todos os portugueses contra o assédio sexual, um “crime insidioso”, no âmbito da projeto intitulado “Rota dos Feminismos contra o Assédio Sexual na rua, nos espaços públicos e no trabalho”.

“É um projeto que visa levar à consciencialização e ao debate público o problema do assédio sexual, um crime ainda pouco visível em Portugal, que é um crime muito insidioso, porque é muito difícil de provar”, explicou à agência Lusa a presidente da UMAR, Maria José Magalhães.

“Mas, englobando trabalho e esfera pública em geral, incluindo a rua, temos a indicação que é uma mulher em cada três”, revelou a presidente da UMAR, salientando que “as mulheres são as grandes vítimas, apesar de haver também homens”.

O projeto da UMAR, financiado pela Embaixada da Holanda e que conta com o apoio da secretária de Estado da Igualdade, pretende realizar uma rota, percorrendo o país.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close