Sociedade

UE: Portugal vence luta contra loiça cerâmica chinesa

A indústria cerâmica nacional venceu a luta contra a China. A entrada dos produtos cerâmicos chineses na União Europeia passará a ser sujeita, a partir de sexta-feira, a taxas alfandegárias que poderão ir até 58,6%.
Versão para impressão
A indústria cerâmica nacional venceu a luta contra importações destes produtos da China. A partir desta sexta-feira, a entrada de cerâmicas chinesas na União Europeia passará a ser sujeita a taxas alfandegárias que poderão ir até 58,6%.

Desta forma, Portugal e outros produtores cerâmicos europeus, que posteriormente aderiram à queixa, venceram a causa, tendo sido o processo aprovado pelas instâncias europeias que vão taxar a entrada de cerâmicas chinesas.

Esta luta começou quando a indústria cerâmica portuguesa apresentou, em Janeiro deste ano, uma queixa à Comissão Europeia contra a China, acusando o gigante asiático de fazer 'dumping' de preços, ou seja, vender produtos no mercado abaixo do custo de produção dos mesmos.

A decisão da Comissão Europeia foi confirmada por Marcelo Sousa, vice-presidente da Associação Portuguesa da Indústria de Cerâmica (APICER), ao jornal Expresso. O responsável da APICER considerou esta “vitória muito importante para Portugal, que é o maior produtor europeu de loiças cerâmicas”.

A aplicação das taxas aduaneiras à cerâmica chinesa entra já em vigor, esta sexta-feira, tornando a cerâmica portuguesa mais competitiva na Europa.

Clique AQUI para aceder ao artigo do Jornal Oficial da UE sobre o processo da queixa.

{Notícia sugerida por Madelena Frazão Gonçalves Ferreira e David Ferreira]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close