Inovação e Tecnologia

Treze tecnológicas portuguesas entre as 500 melhores

Treze empresas portuguesas estão entre as 500 tecnológicas com maior crescimento no Technology Fast 500TM EMEA, um ranking anual elaborado pela Deloitte Touche TohmatsuLimited (DTTL), que distingue as 500 empresas do setor tecnológico da Europa, Médi
Versão para impressão
Treze empresas portuguesas estão entre as 500 tecnológicas com maior crescimento no Technology Fast 500TM EMEA, um ranking anual elaborado pela Deloitte Touche TohmatsuLimited (DTTL), que distingue as 500 empresas do setor tecnológico da Europa, Médio Oriente e África com maior taxa de crescimento de volume de negócios nos últimos cinco anos. 
 
A Adclick lidera o top nacional, posicionada em 44º lugar, com um relevante crescimento de 3.113 por cento e naquela que é a melhor posição alcançada por uma empresa portuguesa. Segue-se a Go4Mobility, na 115ª posição do ranking global, e a CJSuper – Telecomunicações, Representações e Serviços, que ocupa a 121ª posição.
 
Na lista estão ainda a Gatewit, a Ubiwhere, a E-goi, a Edge Innovation, a Globaz, a C9SA, a CMAS, a Profimetrics e a Byside. Destas, apenas Gatewit e a Edge Innovation são repetentes doo ranking anterior, sendo todas as outras entradas novas.
 
A liderar os Fast 500 está a França, através da empresa Ymagis, com um crescimento que se situou nos 59.096%. “Especialista em cinema digital, esta empresa tem liderado uma revolução no cinema na Europa, ajudando os seus parceiros a fazer a transição da tradicional película de 35 mm para soluções digitais mais eficientes”, refere a Deloitte em comunicado enviado ao Boas Notícias.
 
Pelo quarto ano consecutivo, o ranking é dominado pela França, representada por 86 empresas, seguindo-se o Reino Unido com 71 empresas e a Holanda com 52 empresas. Em média, esta 13ª edição dos Fast 500 registou um crescimento de receita na ordem dos 1.403%, com um ligeiro decréscimo face aos 1.549 por cento de 2012.
 
O ranking da Deloitte Technology Fast 500 TM classifica as empresas públicas ou privadas de tecnologia, media, telecomunicações, ciências da vida e “tecnologias verdes” em 24 países da região EMEA (Europa, Médio Orienta e África), com base na percentagem de crescimento nos últimos cinco anos. Este ano, o Programa recebeu mais de 1.000 candidaturas.

Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close