Negócios e Empreendorismo

Têxteis: Exportações cresceram 11% até outubro

NULL
Versão para impressão
As exportações de têxtil e vestuário português continuam com bons resultados no mercado externo. Nos primeiros 10 meses deste ano, as exportações do setor cresceram cerca de 11 por cento, face a igual período de 2010, aproximando-se dos 4 mil milhões de euros previstos para o final de 2011.

“Apesar de considerarmos este um bom resultado, não podemos negligenciar o abrandamento do crescimento que se vem registando há alguns meses”, refere a ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal em comunicado.

Segundo o diretor-geral da ATP, Paulo Vaz, “esta indústria tem sido prejudicada pela crise económica que afeta Portugal e os principais mercados de destino das exportações”.

Por outro lado, o consumo foi penalizado, em outubro, também “devido ao clima ainda estival que se fez sentir um pouco por toda a Europa, ao contrário do que é suposto neste mês, normalmente caracterizado, em termos de negócio, por repetições de encomendas”, diz o responsável.

Apesar destes desafios, a indústria têxtil portuguesa tem beneficiado, nos últimos tempos, de contratos com grandes marcas de roupa mundiais que estão a regressar a Portugal, depois de experiências pouco positivas com fabricantes têxteis asiáticos e marroquinos.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close