Cultura

Teatro Rápido: Peças para ver em 15 minutos

Em pleno coração lisboeta inaugura esta terça-feira o Teatro Rápido que desafia o público com um conceito novo que oferece peças de teatro curtas a preços acessíveis. O tema da programação deste mês é a Felicidade.
Versão para impressão
Em pleno coração lisboeta, na Rua Serpa Pinto, inaugura esta terça-feira o Teatro Rápido que desafia o público com um conceito novo que oferece peças de teatro curtas a preços acessíveis. O tema da programação deste mês é a Felicidade.

O Teatro Rápido é composto por quatro salas, nas quais são apresentadas quatro micropeças de teatro (cerca de 15 minutos), de quinta a segunda-feira. Ao fim de semana, duas das salas recebem, pela manhã, peças a pensar nos mais pequenos.

Às terças e quartas, os atores descansam, mas o Teatro Rápido continua com espetáculos no TR BAR que oferece uma programação recheada de performances, concertos, poesia e convidados especiais.

A  programação do Teatro Rápido começa está desenhada para arrancar ao meio-dia com a abertura do TR BAR. Às 17h30 começa a primeira micropeça, sendo que as sessões se estendem até às 21h30, horário que começam os espetáculos às terças e quartas, no TR BAR.

Os bilhetes das micro peças custam três euros, já os espetáculos no Teatro Bar custam quatro euros.
 
A Felicidade marca inauguração do espaço

Esta terça-feira, às 21h30, no TR BAR, Noiserv e Carmen Santos juntam-se para celebrar a Felicidade num espetáculo que junta a música, à poesia, o tradicional à contemporaneidade. A dupla regressa nos dias 16 e 29 de Maio.

“O amor não é um fogão”, “Alice é uma chata e o país das maravilhas é um bluff”, “Comatose” e “Coro dos amantes a caminho do hospital” são as quatro micro peças que, por três euros cada, podem ser vistas durante o mês da inauguração.

Outros destaques de Maio

“A natureza generosa” é o espetáculo de sábados e domingos de manhã, dedicado aos mais pequenos, assinado por Maria de Vasconcelos.

No dia 30 de Maio chega “Muito Riso Muito Siso” um espetáculo que comprova a capacidade de muitos textos lusófonos em dizer grandes coisas, nem sempre com as palavras mais sérias e formais.

É uma diversão músico-poético-teatral interpretada por Luís Fernandes, com guião baseado em textos de Luís Fernando Veríssimo, Mário Henrique Leiria, António Lobo Antunes, Mia Couto, Alexandre O’Neill, Jorge de Sena e Viriato da Cruz, entre outros.

Clique AQUI para consultar o Facebook do Teatro Rápido.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close