Mundo

Tailândia: Dono recupera cão raptado para “refeição”

O aumentado dramático de captura e contrabando ilegal de cães que são recolhidos para as mesas de países como a China ou o Vietname está a chocar a Tailândia. Mas no meio da revolta dos tailandeses houve um final feliz
Versão para impressão

O aumentado dramático de captura e contrabando ilegal de cães que são recolhidos para as mesas de países como a China ou o Vietname está a chocar a Tailândia. Mas no meio da revolta dos tailandeses houve um final feliz: um homem conseguiu recuperar o seu cão que tinha sido capturado pelos contrabandistas. 

O tailandês Sompong Lertjitcharoenboon perdeu o seu cão na altura do Natal, durante um espetáculo de fogo de artifício. O incidente ocorreu um mês antes do Ano Novo Chinês, altura em que o consumo de carne canina aumenta em alguns países asiáticos.

“Pensei que ele estava apenas assustado e que regressaria em breve”, admitiu Sompong, em declarações à BBC. No entanto, o animal continuou desaparecido durante semanas e o dono já tinha perdido a esperança de o reencontrar.

Entretanto, um canal de televisão do país mostrou uma reportagem sobre a recolha ilegal cães, denunciando um camião detido pelas autoridades com 800 animais colocados em jaulas, que iriam atravessar a fronteira em Laos, para depois seguir em direção ao sudeste asiático.

Sompong reencontrou o seu cão num abrigo de animais

Apesar de ter perdido o animal de estimação a 600km do local da operação policial, Sompong teve a esperança de que o seu cão, Tao Tao, pudesse estar entre os cães filmados que foram recolhidos por um abrigo. Decidiu por isso dirigir-se ao local que tinha acolhido os animais resgatados.

A perseverança do tailandês foi recompensada. “Ele veio cá e levou o cão nos braços. A sua mulher perguntou: 'Aquele é o Tao Tao?', e ele não conseguia responder porque chorava emocionado”, conta o veterinário do abrigo, Paisarn Pattanadejkul, citado pela BBC.

De acordo com o mesmo veterinário, centenas de pessoas foram ao local procurar os seus cães, mas apenas Tao Tao reencontrou o dono.

O comandante da operação de resgate, Terrakiet Thong, explicou à BBC que as pessoas, na Tailândia, “pagam 300 a 400 baht (cerca de 7 a 10 euros) por um cão” mas que ” o preço sobe até aos 1000 baht (perto de 25 euros) ou mais quando o animal passa por três ou quatro países”,

Canis tailandeses lotados

O grande número de animais recuperados nestas operações representa também um problema para os canis, que estão a ficar lotados.

No abrigo de Buriram, onde Tao Tao foi encontrado, os cães recolhidos são bem tratados e, apesar do número crescente de cães a dar entrada no local, abater os animais não é uma opção.

“Receio que, se recebermos muitos mais cães, não teremos dinheiro para mantê-los em termos de alimentação e medicação”, disse o veterinário Paisarn acrescentado: “Somos um país budista que acredita na reencarnação, pelo que matar um cão é um pecado”.

As autoridades estimam que 25% dos 2 mil cães que se encontram no abrigo são roubados dos donos. Os demais deverão ser animais de rua que foram recolhidos pelos contrabandistas.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close