Negócios e Empreendorismo

Tabuaço: Mina vai criar 1.000 postos de trabalho

O desenvolvimento de uma mina para exploração de tungsténio na região de Tabuaço vai permitir empregar, numa fase inicial, mais de 1.000 pessoas e criar 119 postos de trabalho efetivos.
Versão para impressão
A empresa canadiana Colt já deu pôr terminadas as prospeções de tungsténio – também conhecido por volfrâmio – em Tabuaço. O desenvolvimento de uma mina para exploração deste minério na região vai permitir empregar, numa fase inicial, mais de 1.000 pessoas. 
 
A notícia é avançada pela TSF, que noticia que a companhia prevê criar 119 empregos mas que, durante os primeiros tempos, devem ser mais de 1.000 os trabalhadores a contratar. O investimento vai ser avultado, rondando os “84 milhões de euros”.
 
De acordo com Jorge Valente, presidente da subsidiária portuguesa da Colt ouvido pela TSF, a decisão de investir um montante tão elevado justifica-se com a procura deste metal. Embora, naquele concelho, não se construam estradas há mais de um século, a Colt já terá encontrado alternativas para o transporte do minério.
 
O responsável adiantou à mesma fonte que a mina ficará enterrada na montanha e por cima, nos terrenos, a Colt pretende dar continuidade à produção de vinho, cerejas e azeite. 
 
Agora que está terminada a prospeção, a empresa, uma das maiores a nível mundial no sector da mineração, vai avançar para a construção de um poço que será, no futuro, a entrada da nova mina.

[Notícia sugerida por Alexandra Maciel]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close