Mundo

Suu Kyi retoma trabalho na sede do partido

A líder da oposição birmanesa que foi libertada no passado sábado após sete anos de prisão domiciliária retomou os trabalhos na sede do seu partido, a Liga Internacional para a Democracia (LND).
Versão para impressão
A líder da oposição birmanesa que foi libertada no passado sábado após sete anos de prisão domiciliária retomou os trabalhos na sede do seu partido, a Liga Internacional para a Democracia (LND).

“A democracia é a liberdade de expressão”, disse Aung San Suu Kyi perante os militantes da LND, este domingo, naquele que foi o seu primeiro discurso político desde 2003. A Nobel da Paz (1991) pediu à oposição para se unir e disse que ia ouvir o povo antes de decidir uma estratégia política.

“Quero trabalhar com todas as forças democráticas. Não guardo qualquer rancor àqueles que me detiveram. Acredito nos direitos humanos e na primazia do direito”, esclareceu Suu Kyi, citada pela AFP.

Embora persistam dúvidas que a junta militar no poder permita que a líder de 65 anos se envolva em atividades políticas, o advogado de Suu Kyi, Nyan Win, confirmou à AFP que sua libertação foi incondicional.

Também de acordo com o porta-voz da LND, Suu Kyi deverá, a partir de agora, comparecer diariamente na sede do partido, instalada um edifício antigo no centro de Rangum.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close