Mundo

Solidariedade virtual muda a vida de um homem

Desde que, há uma década, o seu carro avariou, James Robertson começou a fazer, diariamente, a pé, cerca de 33 quilómetros para ir trabalhar. Agora, graças a uma enorme onda de solidariedade, tem um carro e uma vida nova.
Versão para impressão
Desde que, há uma década, o seu carro avariou, e sem dinheiro para o substituir, James Robertson, de 56 anos, começou a fazer, diariamente, a pé, cerca de 33 quilómetros para ir trabalhar. Agora, graças a uma enorme onda de solidariedade que envolveu milhares de desconhecidos, este norte-americano tem não só um carro, como uma vida nova.
 
A história de Robertson, um operário fabril da região de Detroit, no Michigan, EUA, foi dada a conhecer por um jornal local e rapidamente se tornou viral. A determinação do homem, que saía de casa às 08.00 da manhã para trabalhar no turno das 14.00h, impressionou os cibernautas de todo o mundo.
 
Ao deparar-se com uma reação maciça nas redes sociais, em especial na página do diário Detroit Free Press, onde centenas de pessoas perguntavam como podiam doar dinheiro para que o norte-americano conseguisse comprar um carro, um jovem estudante universitário decidiu intervir.
 
Sensibilizado com o caso e com esta reação, Evan Leedy, de 19 anos, criou uma página na plataforma “GoFundMe” para angariar fundos para oferecer a Robertson um novo automóvel e a resposta foi surpreendente.

Em menos de 24 horas, foram doados cerca de 149.000 dólares (131.000 euros) – um valor muito superior aos 25.000 dólares (22.000 euros) que, inicialmente, o jovem se propunha angariar.
 

O montante já permitiu a James Robertson comprar um carro novo e, por conta desta onda de solidariedade virtual, que foi encerrada este domingo e juntou um total de 351.000 dólares (cerca de 309.000 euros), vai poder não só chegar, todos os dias, à fábrica onde trabalha com rapidez e sem se cansar, como reconstruir a sua vida.
 
“Não há palavras para descrever o quão grato estou pela generosidade e apoio de todos e pelas vossas palavras gentis. As mais de 13.000 pessoas que doaram dinheiro e todos os que deixaram os seus comentários contribuíram muito para mudar a vida deste homem e estou eternamente agradecido”, afirma Evan Leedy na página do “GoFundMe”.
 
A semana passada, Evan Leedy e James Robertson, o homem que o jovem quis ajudar, tiveram a oportunidade de, finalmente, se conhecer pessoalmente, um momento emotivo para os dois. 
 
“Antes de o James ir para casa ao volante do seu carro novo, deu-me um grande abraço e disse: o que importa não é o dinheiro ou o carro, mas o facto de tantos estranhos como tu quererem ajudar um homem como eu, que estava apenas a fazer o que tinha de fazer”, partilha o jovem na plataforma de Crowdfunding.
 
“Claro que os meus olhos se encheram de lágrimas, mas naquele momento soube que o James continuava a ser o mesmo homem que era há uma semana atrás”, finaliza Leedy, que já descreve o operário fabril como “o seu novo melhor amigo”. 

Clique AQUI para aceder à página da plataforma “GoFundMe” destinada a ajudar James Robertson a conseguir um carro (em inglês).

Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes e Maria Nova

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close