Cultura

Skate: Pranchas portuguesas põem arte sobre rodas

Se se cruzar na rua com alguém a andar em cima de um polvo de barba azul, não se assuste. É apenas a nova linha de skates Beard On Boards, criada por dois portugueses que transformam estas pranchas em obras de arte ambulantes.
Versão para impressão
Se se cruzar na rua com alguém a andar em cima de um polvo com barbas, não se assuste. É apenas a nova linha de pranchas longboard Beards On Boards, criada por dois portugueses que transformam esta modalidade em autênticas obras de arte ambulantes.

por Patrícia Maia

Ricardo Martins e Nuno Vitorino garantem que as pranchas longboard (espécie de skate mais comprido) são a maneira mais prática, ecológica e económica de andar na cidade. “Foi o Ricardo que me pegou este vício, ele já andava de longboard e aparecia-me sempre em cinco minutos em qualquer lado”, recorda Nuno Vitorino em entrevista ao Boas Notícias.

Nuno, que também tem o projeto de mobiliário Elkwood Design, deixou-se convencer pelo amigo a deslizar por Aveiro em cima das quadro rodas mas, em vez de comprar uma prancha, quis desenhar a sua própria longboard.


Nuno Vitorino e Ricardo Martins já produziram na oficina de Aveiro cerca de 20 pranchas 'longboard', todas elas únicas e com personagens barbudas

“O Ricardo é um ilustrador incrível e percebemos que nos podíamos dar ao luxo de desenhar a prancha onde vamos surfar”, explica Nuno. Assim nasceu a primeira prancha 'barbuda', inspirada nas próprias barbas dos dois amigos e criadores.

As ilustrações são desenhadas por Ricardo e as pranchas, de bétula, são produzidas, manualmente, por Nuno, numa oficina da Universidade de Aveiro (onde os dois amigos fizeram o curso superior). Até mesmo a lixa que a dupla aplica é feita manualmente. “Criámos uma lixa de areia e verniz que, em vez de ser opaca, como a lixa tradicional, é transparente e não tapa as cores nem as ilustrações”.

A complexidade de execução de cada prancha reflete-se no seu preço. “Já fizemos uma peça toda talhada em relevo (foto acima) que demorou muito mais tempo a produzir”, explica Nuno, adiantando que por isso “os preços variam entre os 180 e os 550 euros”. 

Novos ilustradores a desenhar pranchas

Este projeto já 'tem barbas' mas nasceu apenas no início do ano. Mesmo assim, a dupla já vendeu cerca de 20 pranchas, para clientes de Portugal e também para países africanos, para a Suíça, França e Inglaterra.

Os dois amigos pretendem continuar a apostar na Beards on Boards, “alargando a rede de colaboradores”. “Já temos ilustradores de renome que vão trabalhar connosco”, revela Ricardo, acrescentando que o objetivo “é usar as longboards não só como meio de transporte mas como espaço de exposição e de divulgação dos talentos nacionais”.

Ricardo, conhecido no mundo artístico como 'Ilustre Senhor', adianta que, além das pranchas totalmente personalizadas de acordo com o pedido de cliente, a Beard on Boards tem coleções próprias e vai, em breve, lançar novos modelos de 'barbas sobre rodas'.


As pranchas podem ser encomendadas através do email beardsonboards@gmail.com ou no espaço Circus, no Porto, que tem algumas Beards on Boards em exposição.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close