Mundo

Sem-abrigo de 99 anos doa esmolas a igrejas e orfanatos

Dobry Dobrev tem 99 anos e vive nas ruas da cidade de Sófia, na Bulgária. Passa os dias a pedir dinheiro às pessoas por quem passa mas não fica com um único cêntimo daquilo que recebe. Em vez disso, oferece a totalidade dos donativos a igrejas e orfa
Versão para impressão
Dobry Dobrev tem 99 anos e vive nas ruas da cidade de Sófia, na Bulgária. Passa os dias a pedir dinheiro às pessoas por quem passa mas não fica com um único cêntimo daquilo que recebe. Em vez disso, oferece a totalidade dos donativos a igrejas e orfanatos locais.
 
Sobrevive à custa de uma pensão de 80 euros mensais e quem o conhece descreve-o como um “santo” e “divino estranho” que, ao longo dos anos, tem vindo a ajudar instituições com sistemáticos donativos. Um dos feitos mais emblemáticos deste sem-abrigo corresponde à oferta de um montante de cerca de 17.400 euros à Catedral St. Alexander Nevsky. 


Dobry é praticamente surdo desde que perdeu grande parte da audição na II Guerra Mundial, onde combateu. Segungo o Huffington Post, um dia fez “uma coisa má”, e hoje quer redimir-se desse ato através das boas ações diárias, dedicando os dias à ajuda daqueles que mais precisam. 


“A boa vontade é justa e verdadeira”, diz o benfeitor búlgaro. “Não devemos mentir, nem roubar ou cometer adultério. Devemos, sim, amar-nos uns aos outros como Deus nos ama a nós”. 

Saiba mais sobre este extraordinário ser humano AQUI, no site que lhe é dedicado.

Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes e Elsa Fonseca

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close