Ciência

Satélite vai “escrever” em código Morse no céu

Um pequeno satélite japonês enviado para a Estação Espacial Internacional (ISS) vai funcionar como uma estrela artificial e emitir sinais de luz em código Morse, projetando, desta forma, uma mensagem a partir do espaço dirigida à Terra.
Versão para impressão
Um pequeno satélite japonês enviado para a Estação Espacial Internacional (ISS) vai funcionar como uma estrela artificial e emitir sinais de luz em código Morse, projetando, desta forma, uma mensagem a partir do espaço dirigida à Terra. De acordo com os especialistas, esta mensagem poderá ser vista no céu a olho nu ou com recurso a binóculos básicos. 
 
O satélite foi enviado numa nave espacial japonesa, lançada no passado dia 20, junto com suplementos alimentares, roupa e outros equipamentos para os especialistas da ISS. Até Setembro, este e outros pequenos satélites vão ficar em órbita à espera de serem implantados pelo astronauta nipónico Akihiko Hoshide, que chegou este mês à estação.
 
Este satélite de pequenas dimensões – um chamado “cubesat” -, batizado Fitsat-1, foi desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia Fukuoka (FIT) e concebido para ser capaz de escrever mensagens em Código Morse.
 
Segundo Takushi Tanaka, coordenador do projeto, uma das funções experimentais do Fitsat-1 será brilhar como uma estrela utilizando lâmpadas LED, sendo estas as luzes – que brilharão de modo ordenado, produzindo os sinais de código Morse – que poderão ser vistas a olho nu pelos habitantes do nosso planeta.
 
O objetivo desta experiência é investigar a possibilidade de comunicação ótica via satélite, adiantou Tanaka. A escolha recaiu sobre o código Morse visto que se trata de uma linguagem universal e a que melhor se adapta a um satélite com lâmpadas LED.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close