Ambiente

Rinocerontes em perigo levados para novo habitat

NULL
Versão para impressão
A WWF (World Wildlife Fund), organização de conservação animal, tem feito altos esforços para a proteção dos rinocerontes-negros, espécie em grande risco de extinção por culpa da caça ilegal. Nesse sentido, a ONG procedeu, este mês, a uma operação espetacular e eficaz para transportar 19 rinocerontes-negros para um novo habitat, mais seguro, na África do Sul.

Os animais, que precisaram de ser deslocados ao longo de 1,5 mil quilómetros – distância entre a Província do Cabo Oriental e a Província de Limpopo, no nordeste do país – foram sedados e levados, um a um, por um helicóptero, de olhos vendados e presos pelos tornozelos, até um veículo que os aguardava para completar o trajeto.

Pode parecer agressiva, mas a verdade é que a nova técnica é mais eficiente quando se trata de locais de difícil acesso, além de ser menos dura para o animal. Jacques Flamand, veterinário que lidera o projeto, explicou que “antes, os rinocerontes eram levados por um camião por caminhos muito difíceis ou suspensos no ar com uma rede”.

Se considerarmos essa realidade, “o novo procedimento é mais gentil com o animal porque ele fica menos tempo sob o efeito de drogas sedativas, a sua respiração não é tão prejudicada e ele não precisa de viajar por locais complicados”. Além disso, o transporte demora menos de dez minutos.

O objetivo da WWF é aumentar o número e a área de abrangência dos rinocerontes-negros na África do Sul, proporcionando-lhes melhores condições para viverem e se reproduzirem, numa altura em que o perigo a que estão sujeitos é muito elevado, em grande parte devido ao valor dos seus chifres.

No início deste mês, uma outra subespécie de rinoceronte negro – o da África Ocidental (Diceros bicornis longipes) -, foi declarado oficialmente extinto. A notícia foi avançada pela União Internacional de Conservação da Natureza (IUCN, sigla em inglês). De acordo com a organização, esta espécie foi vítima dos caçadores furtivos que os perseguem para retirar os chifres.

Clique AQUI para aceder ao comunicado da WWF.

[Notícia sugerida por Elsa Martins]

 [Notícia atualizada a 21/11/2011 às 21h10]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close