i9magazine

Quem está no centro dos espaços de trabalho: as pessoas ou a tecnologia?

Versão para impressão

A APFM, Associação Portuguesa de Facility Management, discutirá nas Jornadas de Facility Management (FM) “A New Life Inside”, nos dias 17 e 18 de outubro, a conceção dos espaços de trabalho e a forma como as pessoas deve ser consideradas o ponto fulcral dos mesmos.

A integração da inteligência artificial e da realidade virtual tornará os escritórios irreconhecíveis. No futuro, poderá ser possível criar um escritório cheio de tecnologia, com headsets de realidade virtual que criarão experiências holográficas imersivas e óculos de realidade aumentada que sobrepõem informações virtuais em cima o plano físico. As salas e o mobiliário poderão parecer diferentes, mais intuitivos e confortáveis, projetados para acomodar diversas redes colaborativas trabalhadores bem como diferentes necessidades. Talvez a mudança mais percetível seja a junção entre tecnologia e o espaço, cuja separação parecerá nula. Mas deve-se sempre ter em conta o fator humano.

Para Rui Malcata, diretor da Steelcase, “A tecnologia é hoje e continuará a ser no futuro o fator que mais impacta o trabalho e as formas de trabalhar, logo, o que mais impacto exerce sobre nós, a quem compete desempenhar as tarefas que nos estão atribuídas. A necessidade de evolução, ditada pelos altos níveis de competitividade em que todas as empresas se veem hoje saudavelmente obrigadas a desenvolver a sua atividade, exige permanentes investimentos em recursos humanos e tecnológicos que sejam capazes de responder de forma ágil, eficaz e diferenciadora. Neste contexto, o espaço de trabalho é uma ferramenta estratégica para a implementação de uma imprescindível cultura de colaboração e promoção da criatividade, integrando e maximizando todos os recursos disponíveis. Os espaços de hoje e para o futuro têm de ser pensados e construídos para responder tanto às necessidades do negócio como das pessoas. Esse é hoje o grande desafio do design dos espaços de trabalho.”

Os espaços de trabalho desenvolvem a criatividade, ajudam a gerar processos de criação mais simples, mais eficazes e mais rápidos. Criar um espaço de trabalho hoje – que se tornará um espaço de trabalho do futuro – passa por criar um espaço de trabalho não só adequado aos objetivos do negócio mas também às necessidades de cada um de nós.

A 12ª edição das Jornadas de FM terá também como um dos temas principais o poder da Internet of Things (IoT) na evolução dos espaços comerciais e de retalho.

Para consultar informação atualizada sobre o programa e oradores, por favor visite: anewlifeinside.org

O conteúdo Quem está no centro dos espaços de trabalho: as pessoas ou a tecnologia? aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close