Ambiente

Projeto vai conservar espécies marinhas de Portugal

NULL
Versão para impressão
O Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro vai coordenar um projeto para a conservação de espécies marinhas protegidas em Portugal continental que terá a duração de cinco anos e um orçamento de 2,7 milhões de euros.

MarPro é o nome do projeto que começou a ser desenvolvido em janeiro deste ano e que se prolongará até 2015. O objetivo principal dos responsáveis é que ao fim de cinco anos consigam propor áreas que venham a ser definidas como de proteção para os animais marinhos e em simultâneo promover a exploração sustentável dos recursos piscícolas em Portugal Continental.

O orçamento é de 2,7 milhões de euros, 50% proveniente de fundos comunitários e incidirá, sobretudo, sobre dois cetáceos (o roaz-corvineiro e o boto), e uma ave marinha (pardela balear).

Com esta iniciativa, a equipa espera ainda reduzir os conflitos existentes entre a atividade piscatória e as aves e mamíferos marinhos através da implementação de soluções para reduzir as capturas acidentais como sejam o uso de sistemas de alerta acústicos e alterações no modo de operações, nomeadamente no tipo de redes e anzóis usados, segundo a Agencia Lusa.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close