Saúde

Projeto português Cell2B recebe distinção mundial

O projeto português Cell2b, que desenvolveu uma terapia para prevenir e tratar a rejeição de órgãos, caba de ser distinguido com uma menção honrosa no âmbito do Prémio Empreendedores 2012, uma iniciativa internacional da Fundação everis.
Versão para impressão
O projeto português Cell2b acaba de ser distinguido com uma menção honrosa no âmbito do Prémio Empreendedores 2012, uma iniciativa internacional da Fundação everis. Trata-se de uma start-up que é um 'spin-off' do laboratório de Bioengenharia em Células Estaminais do Instituto Superior Técnico que desenvolveu uma terapia para prevenção e tratamento de pacientes que sofrem de rejeição de órgãos ou tecidos transplantados – o ImmuneSafe.
 
Os jovens investigadores portugueses David Braga Malta, Daniela Couto, Pedro Andrade e Francisco dos Santos conquistaram, assim, um prémio no valor de 40.000 euros, considerado “um testemunho” da sua “capacidade criativa e científica, mas também da comunidade empreendedora nacional”. 
 
 A Cell2b foi fundada em 2011 com o objetivo de tratar doentes que apresentem sinais de rejeição após transplantes de órgãos e tecidos, utilizando para isso uma terapia com células da medula óssea.

Como o Boas Notícias adiantou em Julho do ano passado, esta terapia tem potencial para salvar a vida de mais de 175.000 pacientes por ano em toda a Europa e nos EUA.

 
O Prémio Empreendedores visa reconhecer projetos empresariais de inovação tecnológica, social ou de gestão ambiental. Na edição deste ano, a vitória coube ao projeto BitBrain, que conduz a uma maior capacidade e rapidez no processamento da informação pelo cérebro humano, e a uma melhoria significativa na capacidade de concentração.
 
Portugal representou cerca de 13% dos trabalhos a concurso
 
Este ano, o prémio internacional da Fundação everis recebeu candidaturas de 13 países diferentes, que somaram o dobro das candidaturas do ano anterior.

Portugal, que participou na iniciativa pelo 3º ano consecutivo, representou cerca de 13% dos trabalhos a concurso, o que “demonstra bem que os Portugueses têm apostado cada vez mais na inovação, na criatividade e no empreendedorismo”, pode ler-se em comunicado.


Clique AQUI para visitar o site oficial da Cell2b.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close