Cultura Em Destaque

Prémios Nico 2017

”Nicolau Breyner não era apenas um grande ator, era alguém que encorajava e transmitia aos jovens a importância da capacidade de sonhar."
Versão para impressão
por redação

A Academia Portuguesa de Cinema vai atribuir, pela primeira vez, os Prémios Nico, assim designados em homenagem ao ator e realizador Nicolau Breyner, para reconhecer novos talentos que de alguma forma evidenciam as qualidades e os sonhos que todos reconheciam em Nicolau Breyner.

Para o Presidente da Academia, Paulo Trancoso, ”Nicolau Breyner não era apenas um grande ator, era alguém que encorajava e transmitia aos jovens a importância da capacidade de sonhar. Os Prémios Nico destinam-se precisamente a reconhecer talentos incontornáveis como foi o dele.”

Os Prémios Nico serão entregues ao realizador Nuno Rocha, pela obra “A Mãe é Que Sabe”, ao designer Igor Ramos, autor do cartaz japonês de “O Ornitólogo” (considerado um dos dez melhores do ano a nível mundial) e ao jovem ator Miguel Cunha, pela sua participação no filme “Zeus”, recentemente premiado no Festival Caminhos do Cinema Português, com o galardão de melhor ator secundário.

Os troféus, concebidos e produzidos pela joalharia Anselmo 1910, serão entregues no dia 6 de julho, durante as comemorações do 6º aniversário da Academia, que este ano se celebram na Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa, reunindo membros da direção, patrocinadores e os premiados.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close