Sociedade

Prémio de 25 mil euros para melhor ideia criativa

Estão abertas as inscrições para a 6.ª edição do Prémio Nacional Indústrias Criativas Super Bock/Serralves. O objetivo é encontrar novas ideias e negócios nacionais, que aliem criatividade e empreendedorismo com inovação nas categorias de arquitetura
Versão para impressão
Estão abertas as inscrições para a 6.ª edição do Prémio Nacional Indústrias Criativas Super Bock/Serralves. O objetivo é encontrar novas ideias e negócios nacionais, que aliem criatividade e empreendedorismo com inovação. As candidaturas devem ser enviadas até 14 de Abril e o vencedor vai receber um prémio no valor de 25 mil euros.
 
A novidade de este ano é o formato da candidatura. Para além do registo tradicional na página do concurso, que se traduz na candidatura imediata ao júri do prémio, os participantes podem, este ano, optar por apresentar o seu projeto integrando uma das quatro sessões do ‘roadshow’ que a organização está a promover, numa parceria com o programa televisivo The Next Big Idea. 
 
Com início a 18 de Março no Porto, o ‘roadshow’ desloca-se depois a Guimarães, Aveiro e Lisboa. Por esta via, os candidatos, após uma prévia inscrição na página do prémio, terão que apresentar a sua ideia numa das sessões do programa, onde beneficiam de uma cópia do vídeo de apresentação do seu projeto.
 
Podem candidatar-se ao Prémio Nacional de Indústrias Criativas Super Bock/Serralves todos os cidadãos maiores de 18 anos (individuais ou em grupo), bem como pequenas e micro empresas em fase de expansão e com sede em território português.
 
A iniciativa vai contar ainda com um workshop de empreendedorismo criativo e com a presença de investidores e empresários convidados pela organização para assistirem à apresentação dos finalistas.
 
O vencedor vai receber um prémio no valor de 25 mil euros e vai representar Portugal no evento anual Creative Business Cup (Copenhaga, Dinamarca) que distingue as melhores ideias de negócio no setor criativo mundial.
 
O grupo finalista também beneficia do acesso a uma rede de contatos e à incubadora virtual da Fundação de Serralves.
 
Em cinco anos, foram apoiados mais de 60 projetos que criaram 140 empregos nas categorias de arquitetura, artes visuais, música e artes do espetáculo, conteúdos e novos media e turismo e património. 

Clique AQUI para mais informações.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close