i9magazine

Prémio BPI Solidário distingue 21 projetos para combater a pobreza e a exclusão social em Portugal

Versão para impressão

 

No âmbito da 3ª edição do Prémio BPI Solidário, o BPI e a Fundação ”la Caixa” entregaram hoje 750 mil euros a 21 instituições para apoiar projetos que visam promover a melhoria da qualidade de vida de pessoas que se encontrem em situação de pobreza e exclusão social.

No total foram recebidas 243 candidaturas, um número que reflete a relevância deste tema. Os projetos distinguidos promovem diferentes respostas sociais, onde se incluem: a recuperação de habitações degradadas, o apoio a famílias em situação de pobreza, a capacitação de reclusos e ex-reclusos, a criação de negócios sociais para a geração de emprego, projetos inclusivos dirigidos a crianças e jovens em situação ou em risco de exclusão, entre outros.

O Prémio BPI Solidário insere-se na política de responsabilidade social do Banco e conta, a partir desta edição, com o apoio da Fundação ”la Caixa”. As duas entidades estabeleceram um acordo de colaboração para o desenvolvimento de projetos de carácter social e cultural em Portugal após a entrada do BPI no grupo CaixaBank.

O BPI Solidário complementa o apoio concedido com os Prémios BPI Capacitar e BPI Seniores – destinados a apoiar pessoas com deficiência e os mais velhos, respetivamente. Nos últimos nove anos, os Prémios BPI já atribuíram 9 milhões de euros para a implementação de 311 projetos, o que constitui uma das mais relevantes iniciativas de Responsabilidade Social Corporativa em Portugal.

21 Projetos distinguidos na 3ª edição do Prémio BPI Solidário

O Júri analisou e selecionou os projetos que considerou mais sustentáveis, mais inovadores e com maior impacto social. Foram reconhecidos os projetos apresentados pelas seguintes 21 instituições: Associação de Promoção Social Cultural e Desportiva de Fornos de Algodres; Associação Just a Change; ABRAÇO; ADIL – Associação para o Desenvolvimento Integral de Lordelo; APAC Portugal; Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa – APCL; Associação de Solidariedade Subud; Associação Porta d’O Mais; Associação RECOVERY IPSS; Associação Vale de Acór – Oficinas do Sabor; Casa Sant’Ana – Comunidade de Inserção para Mulheres em Situação de Risco; Centro Comunitário Paróquia da Parede – Projeto Rota da Mudança; CRIT – Centro de Reabilitação e Integração Torrejano; Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação da Trofa; Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Barcelos; Grupo Aprender em Festa; Instituto de Apoio à Criança; KAIRÓS – Cooperativa de Incubação de Iniciativas de Economia Solidária; PASEC – Plataforma de Animadores Socioeducativos e Culturais; Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Gaia; Santa Casa da Misericórdia do Divino Espírito Santo da Maia.

Nas duas edições anteriores, o BPI Solidário premiou 32 projetos, de norte a sul do país, com um donativo total de 1,4 milhões de euros.

O conteúdo Prémio BPI Solidário distingue 21 projetos para combater a pobreza e a exclusão social em Portugal aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close