Sociedade

Portuguesa vai subir ao Evereste para ajudar crianças

Uma portuguesa partiu, esta segunda-feira, numa expedição durante a qual vai tentar escalar o monte Evereste, a mais alta montanha do mundo. O objetivo do desafio é angariar dinheiro para a sua fundação que apoia crianças pobres no Bangladesh.
Versão para impressão
Uma portuguesa partiu, esta segunda-feira, numa expedição durante a qual vai tentar escalar o monte Evereste, a mais alta montanha do mundo. Se for bem-sucedida, Maria da Conceição será a primeira mulher portuguesa a conseguir a proeza, mas não é isso que a move. O objetivo do desafio é angariar dinheiro para a sua fundação que apoia crianças desfavorecidas no Bangladesh.

“Penso todos os dias e estou bem consciente de que se calhar estou a viver os meus dois últimos meses de vida. Mas é o meu sonho, a minha missão”, contou Maria em entrevista à rádio TSF antes da partida, assegurando ter noção dos perigos que a experiência vai acarretar.
 
No entanto, os riscos são supérfluos, garantiu, se comparados com a necessidade de ajudar as 600 crianças que deixou sem aulas no Bangladesh e que, para voltarem a estudar na sua antiga escola, precisam que seja reunido um milhão de dólares para a reerguer, montante que a portuguesa almeja conseguir.
 
“Tenho 600 crianças à espera que consigamos os fundos para reerguer a escola e também para criar uma conta no banco onde esteja o dinheiro [angariado]. Assim, se acontecer alguma coisa comigo, a fundação [Maria Cristina Foundation] não para”, afirmou a aventureira.
 
Maria da Conceição vai lançar-se à subida sem patrocínios, levando apenas uma bandeira portuguesa, botas térmicas “para manter os pés quentinhos” e uma mochila com 15kg que, à medida que a altitude avançar, parecerá progressivamente mais pesada.
 
Por não ser montanhista profissional, a portuguesa passou por um ano de treino intensivo de forma a preparar-se fisicamente para o desafio. Com a ajuda de um treinador pessoal, teve aulas de natação, de “spinning”, fez caminhadas 29kg às costas e arrastou pneus pela areia da praia.
 
Se o projeto “Million Dollar Baby Everest” – como foi batizado devido ao propósito de angariar um milhão de dólares – correr como esperado, Maria da Conceição deverá chegar ao pico do Evereste em meados de Maio.

Missão de Maria no Bangladesh começou há oito anos
 

A entrega da portuguesa à comunidade do Bangladesh começou quando Maria se tornou assistente de bordo da companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos. Dois anos depois, num voo até àquela pequena nação, apercebeu-se da extrema pobreza que contrastava com a vida de luxo levada por muitos no Dubai.
 
Incapaz de esquecer o que viu, a portuguesa regressou, por sua conta, àquele país asiático, após um mês, com o objetivo de criar uma fundação para apoiar a comunidade. Assim nasceu a Maria Cristina Foundation, organização solidária que há oito anos tem trabalhado para melhorar a qualidade de vida da população.
 
Até hoje, Maria conseguiu já erguer naquele país um berçário para bebés, três escolas equipadas com bibliotecas, centros de informática e cantinas, um centro de primeiros socorros e um posto de medicina dentária, além de uma “escola” profissional para adultos que lhes tem dado formação em diversas áreas técnicas. 
 
Foi por ter sido obrigada a fechar uma das escolas por falta de fundos que a portuguesa decidiu aventurar-se numa subida ao Evereste, pelo que Maria espera agora conseguir atrair os olhos do mundo para a sua causa.
 
Esta não é a primeira vez que a criadora da Maria Cristina Foundation se envolve em iniciativas desafiantes. Desde que a fundação nasceu, a portuguesa já correu, por exemplo, diversas maratonas à volta do mundo, subiu ao monte Kilimanjaro e viajou até ao Pólo Norte. 

Clique AQUI para aceder ao site da Maria Cristina Foundation e AQUI para conhecer mais sobre a sua missão no monte Evereste (em inglês). 
 

[Notícia sugerida por Ana Oliveira]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close