Ciência

Português dirige observatório de zonas costeiras

António Baptista lidera o Center for Coastal Margin Observation & Prediction (CMOP), um projecto inovador norte-americano que ajuda investigadores a entender que efeitos têm as mudanças climáticas e a ação humana nos ecossistemas costeiros
Versão para impressão
António Baptista lidera o Center for Coastal Margin Observation & Prediction (CMOP), um projecto inovador norte-americano que ajuda investigadores a entender que efeitos têm as mudanças climáticas e a ação humana nos ecossistemas costeiros.

Resultado da parceria entre a Universidade Estatal do Oregon e a Universidade de Washington, o CMOP disponibiliza dados em tempo real “para permitir antecipar em vez de reagir”, refere António Baptista ao CiênciaHoje.pt.

O processo é possível graças às chamadas tecnologias collaboratories que operam a partir de uma central de transmissão de dados a cientistas e outros grupos envolvidos na investigação.

Até ao momento, o observatório já permitiu testemunhar a redução dos cardumes de salmão, mas também o aparecimento de chocos que, “até há dez anos”, não eram vistos nas regiões monitorizadas.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close