Sociedade

Portugal é dos que mais apoia ajuda humanitária

Os portugueses estão entre os cidadãos da União Europeia que mais apoiam e defendem o investimento das entidades europeias em ajuda humanitária, a par de outros quatro países. A conclusão resulta de um estudo divulgado esta sexta-feira, em Bruxelas,
Versão para impressão
Os portugueses estão entre os cidadãos da União Europeia que mais apoiam e defendem o investimento das entidades europeias em ajuda humanitária, a par de outros quatro países. A conclusão resulta de um estudo divulgado esta sexta-feira, em Bruxelas, pela Comissão Europeia.

A investigação recorreu a um inquérito que mediu o apoio às verbas da ajuda humanitária através do “eurobarómetro”, adianta a Agência Lusa.

Os cinco países que se revelaram mais apoiantes da ajuda humanitária foram a Grécia, com 93% dos inquiridos favoráveis, a Dinamarca, com 92%, Portugal e Bulgária, ambos com 91%, e a Irlanda, com 90%.

Curiosamente, entre estes países encontram-se os três que têm planos de resgate em curso, fator que não desmotiva a aposta no auxílio aos outros.

Do lado oposto, os países com mais inquiridos a revelarem-se menos favoráveis a investimentos feitos nas acções de ajuda humanitária foram a Bélgica e a Áustria, com 21% e 19% respetivamente.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close