Ciência

Porto: Técnica pioneira permite controlar músculos

O Hospital de São João, no Porto, realiza uma cirurgia inovadora que permite devolver aos pacientes de doenças neurodegenerativas, como a distonia, o controlo sobre os seus músculos. 50% a 70% dos doentes regista melhorias.
Versão para impressão
O Hospital de São João, no Porto, realiza uma cirurgia inovadora que permite devolver aos pacientes de doenças neurodegenerativas, como a distonia, o controlo sobre os seus músculos. 50% a 70% dos doentes regista melhorias.

A técnica envolve a introdução de um aparelho recarregável no peito, que pode durar até nove anos. O paciente é assim poupado à realização de um maior número de cirurgias, o que potencia a sua qualidade de vida.

O jovem Tiago Guedes é um dos casos de sucesso da inovadora técnica. “Os músculos ganhavam poder por eles próprios, não conseguia ter qualquer controlo sobre eles”, conta à RTP.

Os especialistas esperavam que a sua recuperação se fizesse sentir entre seis meses a um ano. Surpreendentemente, Tiago já mostrava sinais de franca melhoria uma semana depois.

“A forma [dedistonia] do Tiago é primária, com um prognóstico melhor, mas mesmo assim não estávamos à espera de um resultado tão bom [em tão pouco tempo]”, frisa Rui Vaz, diretor do serviço de Neurocirurgia do Hospital de São João.

O jovem tem agora um novo alento para prosseguir os seus estudos. Já com alta aprovada, Tiago conta com o auxílio da fisioterapia ao longo dos próximos meses, para que a sua recuperação seja potenciada ao máximo.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close