Ambiente

Porto oferece 1.400 árvores aos munícipes

"Se tem um jardim, temos uma árvore para si" é o nome da iniciativa que, nesta sexta-feira e no sábado, vai distribuir 1.428 árvores e arbustos, de foram gratuita, a munícipes e instituições pré-selecionados pela Câmara do Porto.
Versão para impressão
“Se tem um jardim, temos uma árvore para si” é o nome da iniciativa que, nesta sexta-feira e no sábado, vai distribuir 1.428 árvores e arbustos, de foram gratuita, a munícipes e instituições pré-selecionados pela Câmara do Porto.
 
A iniciativa, que visa a “expansão da estrutura verde, através de um programa de distribuição [gratuita] regulada aos munícipes e organizações, de arbustos e árvores autóctones/nativas em áreas privadas”, contou com 378 candidaturas, das quais 296 foram aprovadas, revela a autarquia numa nota de imprensa.
 
Com este projeto, a Câmara do Porto pretende oferecer, nos próximos cinco anos, aos munícipes “10 mil árvores e arbustos nativos apoiando e reconhecendo o papel importante dos residentes na criação e manutenção de espaços verdes”.
 
Nesta primeira edição do programa “Se tem um jardim, temos uma árvore para si”, a autarquia tinha disponíveis árvores e arbustos de 11 espécies diferentes, desde carvalhos a medronheiros, passando pelos ciprestes e buxos, “uma parte substancial das quais produzidas no Viveiro Municipal do Porto”, permitindo a cada um dos concorrentes receber até dez exemplares.
 
A entrega das cerca de 1.500 árvores e arbustos, que têm que ser plantados durante o mês de Abril, decorre na sexta-feira e no sábado nos centros de Educação Ambiental do Covelo e no Parque da Cidade.
 
Segundo nota da autarquia, a campanha recebeu 378 candidaturas, 310 das quais de residências e 65 de organizações, mas apenas 296 preenchiam os requisitos necessários e foram aprovadas.

As candidaturas, efetuadas através da plataforma www.100milarvores.pt, decorreram entre os dias 18 de Fevereiro e 20 de Março e a avaliação das mesmas obedeceu a uma série de requisitos, como a capacidade de acolhimento do terreno e a adequabilidade das plantas pedidas para os espaços.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close