Sociedade

Penamacor: Idosas aprendem defesa pessoal

É uma forma de ganharem autoconfiança e estarem ativas. Um grupo de idosas de Penamacor está a aprender técnicas de defesa pessoal, graças a um instrutor que todos os sábados partilha, voluntariamente, os seus conhecimentos.
Versão para impressão
É uma forma de ganharem autoconfiança e estarem ativas. Um grupo de idosas de Penamacor está a aprender técnicas de defesa pessoal, graças a um instrutor que todos os sábados partilha, voluntariamente, os seus conhecimentos.
 
O instrutor Alberto Mariano ensina a mais de dez mulheres, com idades a rondar os 70 anos ou mais, truques que podem usar “em último recurso”, numa situação de risco.
 
Pode faltar agilidade “para fazer a espargata”, mas “há técnicas específicas” que a população sénior pode usar: “por exemplo, quem já não levanta bem o pé, pode magoar a canela de um agressor”, conta o instrutor à agência Lusa.
 
Numa só tarde, Filomena Pires, de 74 anos, aprendeu a usar o movimento de braços com que despe uma camisola para afastar os braços de um estrangulador.  Filomena descobriu ainda, entre outros truques, que basta girar o pulso para fugir de quem a agarra.
 
Mais saúde e menos solidão
 
Filomena confessa que não costuma passar por situações de medo, já que nunca anda sozinha, mas desde que frequenta as aulas sente-se “mais segura”, já para não falar de como se sente melhor ao nível dos ossos: “até quarta-feira já sei que não vou ter dores”.
 
As aulas já conseguiram mudar a rotina destas idosas, como descreve Maria de Jesus Tomé, 69 anos. Antigamente “ficava em casa” ou encontrava-se com amigas no café da aldeia, onde passavam a tarde. Agora, “junta-se o útil ao agradável: o convívio, o exercício físico e as noções de defesa pessoal”.
 
As aulas decorrem na sede da Associação Solidariedade Sem Fronteiras. Este grupo solidário nasceu em 2009, depois de a presidente ter participado numa ação humanitária em Moçambique, após a qual decidiu congregar o trabalho de voluntários em prol da região onde nasceu. 

Cerca de 20 colaboradores apoiam atividades que incluem “uma loja social aberta em Penamacor”, com recolha e distribuição de donativos junto dos mais carenciados.
 
[Notícia sugerida por Diana Rodrigues]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close