Cultura

“Pare, Escute, Olhe” nos cinemas

Premiado na categoria de Melhor Documentário Português no DocLisboa 2009, "Pare, Escute, Olhe", o segundo filme realizado por Jorge Pelicano, já pode ser visto nas salas de cinema nacionais selecionadas em Lisboa e no Porto. O documentár

Versão para impressão
Premiado na categoria de Melhor Documentário Português no DocLisboa 2009, “Pare, Escute, Olhe”, o segundo filme realizado por Jorge Pelicano, já pode ser visto nas salas de cinema nacionais selecionadas em Lisboa e no Porto. O documentário expõe o risco de encerramento definitivo da centenária ferrovia do Tua (Bragança), também considerada uma das três mais belas da Europa.

A longa metragem alerta ainda para o anúncio da construção de uma barragem que ameaça inundar a linha ferroviária do vale do Tua, através de uma viagem pelo Portugal profundo, esquecido e isolado, no único distrito do país sem um único quilómetro de auto-estrada.





“Pare, Escute, Olhe” recupera imagens de arquivo associadas às decisões governamentais tomadas nos anos 90 e que ditaram o fecho de metade da ferrovia do Tua, responsável pela ligação entre Bragança e Mirandela.

Entre 2007 e 2009, Jorge Pelicano – que se estreou como realizador em 2006 com “Ainda há pastores?” – procurou as vozes do povo transmontano que denuncia as dificuldades que tem no acesso a serviços e produtos básicos de primeira necessidade. Por isso, o documentário associa-se à causa “Save Tua”, gerida por várias entidades empenhadas na defesa do património do Vale do Tua. 

Com música original composta e interpretada por Manuel Faria e Frankie Chavez, o documentário pode ser visto em Lisboa nos cinemas Amoreiras, City Classic Alvalade e também em Gondomar, no cinema Parque Nascente.

Mais informações em www.pareescuteolhe.com

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close