Saúde

Paralisia cerebral: Aplicação lusa facilita comunicação

A autarquia de Castro Daire desenvolveu uma nova aplicação informática que promete revolucionar a forma como as pessoas com paralisia cerebral comunicam.
Versão para impressão

A autarquia de Castro Daire desenvolveu uma nova aplicação informática que promete revolucionar a forma como as pessoas com paralisia cerebral comunicam. A aplicação BIA nasceu com o objetivo de melhorar a vida de Beatriz, uma criança do concelho que não consegue comunicar de forma verbal.

Foi para facilitar a comunicação desta criança “muito especial” que a Câmara Municipal de Castro Daire apostou no desenvolvimento interno de um “Sistema de Comunicação Aumentativo e Alternativo Multiplataforma”, para correr sobre as principais plataformas tecnológicas e móveis (Windows, Mac, Linux, Android, iPad, iPhone).

Image and video hosting by TinyPic

A autarquia acredita mesmo ter criado a primeira aplicação do género desenvolvida em Portugal, “com funcionalidades únicas no mundo e totalmente gratuita”, que poderão melhorar drasticamente a vida das pessoas com paralisia cerebral (tetraplegia espástica com componentes atetósicos e disartria).

Na prática, esta aplicação – criada com a ajuda terapeuta da fala Vanessa Malaquias – traduz por palavras a imagem que o utilizador quer transmitir. Com base em mais de 1.000 símbolos coloridos, organizados por categorias, basta ao utilizador selecionar na aplicação um determinado símbolo para que o dispositivo móvel reproduza sonoramente a palavra associada.

Os responsáveis pelo projecto destacam ainda outros fatores de inovação no BIA, incluindo a geo-localização, que permite enviar as coordenadas GPS do utilizador (criança ou adulto) para um contacto definido na aplicação (Android, iPhone e iPad); e a possibilidade de envio de email, facilitando a comunicação à distância após a construção de frases com símbolos, por parte do utilizador.

Em comunicado, os responsáveis do projeto BIA salientam que esta aplicação móvel poderá ser aplicada a outros tipos de situações, como a estimulação da fala em crianças com autismo, idosos com problemas de comunicação, podendo também ser um auxílio na área da terapia da fala.

Este sistema está disponível em cinco idiomas – português, chinês, inglês, alemão, francês e espanhol. Além disso é totalmente gratuito e ficará disponível na página do projeto, App Store e Google Play, permitindo, desse modo, o download e instalação em qualquer parte do mundo.

Em Dezembro de 2012, a autarquia entregou o primeiro tablet com a aplicação BIA à menina Beatriz. O lançamento oficial ao público está previsto para o início de Maio deste ano.

Clique AQUI para aceder ao site oficial da BIA e AQUI para visitar o Facebook do projeto.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close