Sociedade

ONU recruta profissionais portugueses

Portugal está, este ano, incluído no "Programa de Jovens Profissionais" da ONU. O concurso internacional recebe candidaturas até 10 de Setembro para o preenchimento de 150 vagas em vários departamentos.
Versão para impressão
Portugal está, este ano, incluído no “Programa de Jovens Profissionais” da ONU. O concurso internacional recebe candidaturas até 10 de Setembro para o preenchimento de 150 vagas nos departamentos de Informação Pública, Gestão e Assuntos Económicos e Sociais.
 
Os portugueses que tenham até 32 anos, com habilitações nas áreas de jornalismo, relações públicas, administração empresarial, estatísticas e assuntos humanitários ou relacionados, têm assim a oportunidade de concorrer a emprego na organização internacional, adiantou Lynne Golderberg, do departamento de recursos humanos.
 
As candidaturas deverão ser feitas através do website careers.un.org, e os pré-selecionados serão submetidos a um exame no dia 7 de Dezembro, prova que avaliará conhecimentos gerais, pensamento analítico, capacidade de planeamento e cultura relativamente a assuntos internacionais.

Os cidadãos portugueses convocados para o exame poderão, porém, realizá-lo em qualquer cidade onde exista um centro de exames da ONU, não sendo obrigatória a presença em Lisboa.
 
A inclusão de Portugal na iniciativa não foi, no entanto, aleatória. De acordo com Goldberg, a organização tem, neste momento, nove portugueses em posições de nível profissional (P2), o género a concurso; dado que o país tem direito a ocupar entre 12 a 21 lugares devido à sua contribuição para o orçamento da ONU, população e PIB, pretende-se, agora, preencher essas mesmas vagas.
 
Ainda assim, só o mérito fará com que as vagas possam ser, efetivamente, ocupadas por candidatos lusos: além do limite de idade e da habilitação universitária obrigatória, a fluência nas línguas inglesa e/ou francesa é, de igual modo, fator eliminatório.

De forma a garantir o rigor da seleção, os examinadores não terão qualquer acesso ao nome dos examinandos – a identificação será feita com base num número.
 
Angola, Brasil, Guiné-Bissau e Moçambique juntam-se a Portugal no rol de países incluídos no atual concurso.

[Notícia sugerida por Diana Rodrigues]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close