Mundo

ONU: 1% dos lucros da venda de batatas para índios

O Tribunal de Propriedade Intelectual das Nações Unidas decidiu que a população indígena da América do Sul tem direito a receber 1% dos lucros de todas as vendas mundiais de batata em "reconhecimento pelo fato de que as batatas como as conhecemos hoj
Versão para impressão
O Tribunal de Propriedade Intelectual das Nações Unidas decidiu que a população indígena da América do Sul tem direito a receber 1% dos lucros de todas as vendas mundiais de batata em “reconhecimento pelo fato de que as batatas como as conhecemos hoje são uma criação indígena”.

“Como criadores da quarta maior cultura alimentar, acreditamos que é apenas justo que a dívida que o mundo tem para com as famílias indígenas seja finalmente reconhecida”, declarou a responsável do tribunal, Desiree Dauphinoise, que salientou que o povo tribal do Peru foi o primeiro povo a cultivar batatas entre 3000 e 2000 AC.

“O que esta decisão realmente faz é dar crédito às populações tribais pela sua contribuição para a nossa dieta diária. E vamos estar atentos em relação a outras comidas cultivadas pelas populações tribais e que possam ainda não ter sido reconhecidas”, confirmou a responsável.

O Executivo das Tribos Nativas Sul-Americanas (Sante) foi o responsável pela discussão do tema e celebrou esta decisão. O presidente do Sante, Jorge Papas, afirmou que “esta é uma grande vitória para o Sante e para as populações tribais em todo o mundo. Com o dinheiro iremos poder comprar de volta algumas das terras que fazendeiros, lenhadores e empresas petrolíferas nos tiraram”, afirmou citado por um jornal australiano.

A Sante prevê receber um valor próximo dos 200 milhões de dólares anuais que irá permitir o resgate de algumas dessas terras em volta da Amazónia. Outra parte do valor será investido na produção de um manual sobre como plantar batatas, bem como num livro de receitas que pretende ajudar a população amazónica a tornar-se auto-suficiente.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close