Mundo

Obama interrompe discurso para auxiliar mulher grávida

Esta terça-feira, Barak Obama interrompeu o discurso que fazia nos jardins da Casa Branca para prestar auxílio a uma mulher grávida que ali estava, prestes a desfalecer. O presidente dos Estados Unidos falava sobre a reforma de saúde
Versão para impressão
Esta terça-feira, Barak Obama interrompeu o discurso que fazia nos jardins da Casa Branca para prestar auxílio a uma mulher grávida que ali estava, prestes a desfalecer. O presidente dos Estados Unidos falava sobre a reforma de saúde Obamacare, quando Karmel Allison, diabética, começou a baloiçar, com sintomas de perda de consciência.
 
Obama apercebeu-se da situação, interrompendo de imediato o discurso para amparar a mulher e pedir ajuda. “Isto é o que acontece quando falo durante muito tempo”, brincou o presidente, que discursava há cerca de 20 minutos, com o objetivo de aligeirar o ambiente. 
 
Karmel Allison foi convidada pela Casa Branca para representar os norte-americanos que, como ela, doente com diabetes tipo 1, não podiam ter acesso a um seguro médico privado antes da reforma, por motivo de doença crónica. 
 
Depois do sucedido, a mulher fez questão de agradecer publicamente a Obama, publicando uma mensagem no Twitter: 'Estou bem, gente. Foi só uma tontura. Obrigada, Barack Obama, por me amparar!'.
 

Notícia sugerida por Vítor Fernandes

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close