Sociedade

Novo programa europeu quer empregar 50 mil jovens

Terminaram as negociações para o programa Horizonte 2020, que quer promover a investigação e a inovação na União Europeia. No total, vão ser investidos 70 mil milhões de euros para a dinamização destas áreas e para a criação de 50 mil novos postos de
Versão para impressão
Terminaram as negociações para o programa Horizonte 2020, que quer promover a investigação e a inovação na União Europeia. No total, vão ser investidos 70 mil milhões de euros para a dinamização destas áreas e para a criação de 50 mil novos postos de trabalho.
 
O acordo foi feito entre o Parlamento Europeu, o Conselho Europeu e a Comissão Europeia, que decidiram disponibilizar um orçamento global de 70 mil milhões de euros para o novo programa em 2015.

As negociações decorriam desde Janeiro, chegando agora ao fim com um orçamento superior ao do antigo programa (52 mil milhões).
 

Agora, o objetivo é “promover a empregabilidade dos jovens investigadores através do desenvolvimento de uma economia assente no conhecimento e na inovação”. Quem o disse foi Maria da Graça Carvalho, relatora do Programa Específico de Execução do Horizonte 2020 e do Programa Quadro de Investigação e Inovação 2014-2020, ao semanário Expresso.
 
A eurodeputada introduziu algumas alterações ao documento inicialmente proposto, com vista à criação direta de emprego. Os Vouchers de Inovação, por exemplo, vão ser “uma forma simples e rápida de financiamento para a criação de start-ups ou para PMEs existentes desenvolverem produtos inovadores”.
 
O Horizonte 2020 foi apresentado pela Comissão Europeia como “o maior programa a nível mundial para a investigação e inovação”, capaz de “cobrir todo o ciclo de inovação, desde a ideia até à entrada do produto no mercado”.
 
Com este elo permanente entre investigação e comercialização do produto, o novo programa europeu pretende vencer o chamado ‘vale da morte’, impeditivo de muitos projetos chegarem ao mercado”. 
 
Também os incentivos e acessos ao programa serão simplificados, por forma a impulsionar a intervenção ativa das PMEs europeias, “essenciais para a melhoria da competitividade da economia”. 
 
A partir de 2015, o Horizonte 2020 reforça a aposta na investigação de excelência na Europa, com novos apoios e financiamentos. O programa pretende ainda contribuir no combate aos “grandes desafios que atualmente se colocam à sociedade” nas suas diferentes áreas.

Clique AQUI para saber mais sobre o programa Horizonte 2020. 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close