Negócios e Empreendorismo

Nova fábrica gera 70 empregos em Viana do Castelo

A construção começa esta semana e, segundo disse à Lusa o presidente do grupo, o estabelecimento fabril deverá começar a laborar "até final de Agosto deste ano".
Versão para impressão
Está prestes a nascer em Viana do Castelo, pela mão do grupo luso-holandês Royal Lankhorst Euronete, uma nova fábrica que empregará 70 trabalhadores. A construção começa esta semana e, segundo disse à Lusa o presidente do grupo, o estabelecimento fabril deverá começar a laborar “até final de Agosto deste ano”.
 
Trata-se de uma fábrica de cabos para amarração de plataformas petrolíferas que implica um investimento de 6,5 milhões de euros. O presidente, José Gramaxo, referiu que a unidade industrial vai ser instalada junto ao porto de mar da cidade com o objetivo de facilitar a exportação da produção. 
 
José Gramaxo frisou que a Royal Lankhorst Euronete emprega em Portugal mais de 700 trabalhadores, divididos pelas fábricas de Boticas (222), Murça (34), Maia (452) e Póvoa de Varzim (24).

Contudo, de acordo com o responsável, esta última unidade será “descontinuada”, prevendo-se a transferência da produção de cabos de ancoragem e respetivos trabalhadores para a nova fábrica em Viana do Castelo. Nesse local serão criados “entre 40 a 50 novos empregos”, além dos 24 deslocados.

 
Anualmente, a fábrica irá produzir cerca de 3.000 toneladas de cabos para amarração de plataformas petrolíferas, entre outros, destinados, em exclusivo, à exportação. O primeiro projeto da unidade terá como destino o mar de Barents, entre a Noruega e a Rússia, já na segunda metade de 2013, para servir as plataformas petrolíferas e de prospeção de gás ali instaladas.
 
O grupo Royal Lankhorst Euronete foi fundado através da fusão da empresa holandesa Lankhorst, nascida em 1803, e da portuguesa Euronete, criada na Maia em 1964.

A agregação das duas companhias deu-se em 1998, sendo que o grupo representa, atualmente, um total de 1300 postos de trabalho e se assume como um dos maiores produtores mundiais de cabos para navios e indústrias offshore.


[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close