Sociedade

Motorista que evitou suicídio recebe louvor público

Paulo Durão, o motorista de autocarro que, em 2010, impediu um homem de se suicidar na Ponte 25 de Abril, foi um dos três portugueses homenageados nos prémios da entidade Nobre Casa da Cidadania, que entregou os louvores numa cerimónia no dia 26 de O
Versão para impressão
Paulo Durão, o motorista de autocarro que, em 2010, impediu um homem de se suicidar na Ponte 25 de Abril, foi um dos três portugueses homenageados nos prémios da entidade Nobre Casa da Cidadania, que entregou os louvores numa cerimónia no dia 26 de Outubro.

Em Outubro de 2010, o motorista do autocarro da empresa Transportes Sul do Tejo (TST) seguia rumo à Praça de Espanha, Lisboa, quando, na ponte 25 de Abril, viu um homem que queria saltar para o rio. 

Segundo relatou a imprensa portuguesa na altura, Paulo Durão não hesitou em parar o autocarro, com os passageiros a bordo, e sair do veículo para falar com a vítima convencendo o homem a evitar aquele gesto. A atitude do motorista foi agora publicamente reconhecida nesta sessão de prémios de cidadania.
 
Outra das premiadas foi Joana Pontes, que criou a rede informal “Tampinha Amiga” para recolha de tampas posteriormente convertidas em material e equipamentos ortopédicos para utentes do Município de Ílhavo.
 
O terceiro cidadão a receber o louvor desta instituição foi Miguel Leitão pelo seu papel junto de crianças em internamento hospitalar, a quem Miguel proporciona momentos de genuína alegria através da concretização de sonhos como ir ao estádio do seu clube, conhecer o seu ídolo ou receber um brinquedo de sonho.

Através da homenagem pública e reconhecimento destes exemplos, a Nobre Casa de Cidadania materializa a sua missão de estimular e motivar uma cidadania mais activa, ao mesmo tempo que valoriza a importância do carácter, da integridade, da honra e humanidade como valores essenciais para uma sociedade mais solidária e mais feliz, diz a entidade em comunicado.

Os louvores foram entregues no Salão Nobre da Sede Nacional da Polícia de Segurança Pública pelo Subintendente Paulo Flor, da Polícia de Segurança Pública, e por João Teixeira, Secretário Executivo do Corpo Nacional de Escutas, acompanhados pelo mentor da Nobre Casa de Cidadania, Rui Silva.

Comissão procura mais heróis portugueses

Esta foi a primeira das Cerimónias de Atribuição de Louvores que a Nobre Casa de Cidadania pretende realizar um pouco por todo o país e que irá culminar na entrega dos Títulos de Cidadão Nobre em Fevereiro de 2014.


A Nobre Casa de Cidadania apela aos cidadãos que entreguem propostas de pessoas que mereçam o seu reconhecimento por um Acto Nobre através do site www.nobrecasadecidadania.pt.

As propostas serão depois apreciadas por um Conselho Institucional compostos por elementos de diversas entidades como a Autoridade Nacional para a Protecção Civil, o Instituto Nacional de Emergência Médica, a Liga dos Bombeiros Portugueses, a Plataforma Portuguesa das ONGs para o Desenvolvimento e a Polícia de Segurança Pública, entre outros.

Notícia sugerida por Vítor Fernandes

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close