Espetáculos e Exposições

“Meteorologia para Piano – duplicidade e cumplicidade”

"Meteorologia para Piano - duplicidade e cumplicidade" é um projeto de música e pintura da autoria do artista plástico Manuel d´Olivares e do pianista Miran Devetak, que nasceu depois de uma viagem aos Açores, tendo como inspiração o "anticiclone". A
Versão para impressão
“Meteorologia para Piano – duplicidade e cumplicidade” é um projeto de música e pintura da autoria do artista plástico Manuel d´Olivares e do pianista Miran Devetak, que nasceu depois de uma viagem aos Açores, tendo como inspiração o “anticiclone”. A exposição está patente até dia 21 de maio no Instituto Franco Português. A entrada é gratuita.

Nesta exposição, Manuel d´Olivares apresenta obras de pintura sobre tela simulando troços de parede, fragmentos de cartazes sobrepostos, deteriorados pelo tempo, com referências à meteorologia.

As obras em exposição são cúmplices dos temas musicais que Miran Devetak interpretou ao piano no dia da inauguração. Composições inspiradas na meteorologia e em elementos da natureza: água, fogo, tempestades, mares, paisagens de Céu e Terra.

Temas clássicos, de Beethoven, mais contemporâneos, Ligeti, passando pelo estilo romântico de Liszt e pelo impressionismo francês, Debussy e Messiaen, compõem o reportório musical que acompanha a pintura de Manuel d´Olivares em “Meteorologia para Piano – duplicidade e cumplicidade”.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close