Negócios e Empreendorismo

Melhor barman do Reino Unido é português

Pedro Paulo sagrou-se campeão na principal competição entre empregados de bar britânicos. Agora considerado o melhor barman do Reino Unido, o português vai disputar a final do concurso ao lado dos melhores 'barmen' do mundo.
Versão para impressão
Um português sagrou-se vencedor da principal competição entre empregados de bar britânicos. Agora considerado o melhor barman do Reino Unido, Pedro Paulo vai disputar a final da versão internacional do concurso ao lado dos melhores 'barmen' do mundo. 
 
Natural de Olhão, Pedro Paulo diz-se um “mixologista”, por se dedicar mais “ao estudo de ingredientes e à criação de menus”, do que propriamente à principal missão do empregado de bar que é a de executar a bebida e interagir com os clientes.
 

Com 27 anos, é, atualmente, supervisor do bar do hotel britânico One Aldwich, em Londres. Há menos de três anos na capital inglesa, acredita ter chegado ao ponto mais alto da sua carreira de onze anos. Depois do reconhecimento da indústria nacional, só falta “ser campeão mundial”, revela à agência Lusa. 

O título será disputado no próximo ano, na África do Sul, e Pedro promete levar, para as suas bebidas, um dos melhores produtos portugueses: o mel da Serra de Portel. Trata-se de “um mel rico, um pouco mais líquido do que o britânico”, conta o profissional.

Este produto português é um dos ingredientes do famoso cocktail One D.O.M, pensado pelo jovem no âmbito da 10ª edição do National Cocktail Competition 2013, organizado pela Associação de Empregados de Bar do Reino Unido (UKBG), em Julho deste ano. 

One D.O.M: um cocktail inglês com sabor a Portugal

Fruto de muitos meses de investigação, esta criação tem por base a bebida alcoólica Benedictine, mas também inclui vodka, sumo de lima, folhas de lima kaffir e clara de ovo. 


Para chegar à receita, Pedro teve de estudar as propriedades do produto base, nomeadamente o seu método de produção, e “construir o ADN da bebida”, por forma a conseguir as melhores combinações possíveis.

“O Pedro deu provas de um alto nível de profissionalismo e dedicação durante todo o concurso”, escreve o presidente da UKBG, em comunicado. “Temos muitas expectativas para ele na final mundial, na África do Sul. Tendo em conta a qualidade do cocktail que ele aqui apresentou, acreditamos que o Reino Unido tem grandes hipóteses de ganhar”.

Na competição internacional, o mel que dá vida ao One D.OM – usado em diferentes doces tradicionais da Serra de Portel, em Portugal – será fornecido por uma empresa familiar, numa tentativa de Pedro de dar visibilidade ao seu país natal, ainda que vá em representação do Reino Unido. 

Ao chegar até aqui, o jovem português sente que este poderá ser um ponto de viragem na vida que escolheu com apenas 12 anos, quando começou a ajudar o pai no restaurante de que era proprietário, para juntar dinheiro e comprar uma bicicleta. A partir daí, todos os verões foram passados a trabalhar em bares do Algarve, até ao fim do curso de Gestão Hoteleira. 

“Gostava de abrir um bar em Londres”, conta Pedro. “Em Portugal é complicado, não só pela situação económica do país, mas também por toda a burocracia que isso implica. Aqui é exigente mas rápido”, justificou.

Por isso, por enquanto, regressar a Portugal só para ver família e amigos ou participar em iniciativas como o 1º Concurso de Barman do Ano, em 2014, para o qual já foi convidado enquanto presidente do júri.
 

Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close