Cultura

Manoel de Oliveira recebe prémio “Open Mind”

Na quinta edição da Gala da Ciência, que se realiza este sábado, no Casino da Figueira da Foz, vai ser atribuído ao realizador Manoel de Oliveira o prémio "Open Mind", da Associação de Laserterapia e Tecnologias Afins (ALTEC).
Versão para impressão
Na quinta edição da Gala da Ciência, que se realiza este sábado, no Casino da Figueira da Foz, vai ser atribuído ao realizador Manoel de Oliveira o prémio “Open Mind”, da Associação de Laserterapia e Tecnologias Afins (ALTEC).

O prémio “Open Mind”, oferecido pelas Faianças Artísticas Bordallo Pinheiro e pela Action Coach Porto, é uma homenagem ao realizador Manoel de Oliveira, de 103 anos, uma vez que distingue o cineasta pela “abertura mental que sempre demonstrou e pelo seu interesse no progresso e na tecnologia”.

“Queremos chamar a atenção para a importância de as pessoas continuarem ativas, independentemente do bilhete de identidade. Manoel de Oliveira continua ativo, encontra-se atualmente a filmar em Guimarães”, referiu à Lusa o presidente da ALTEC, António Lúcio Baptista.

O tema do prémio “Open Mind” para 2012 pretende chamar a atenção para a “grande necessidade e importância de desenvolver projetos intergeracionais, cruzando inovação e experiência em áreas diversas”, de acordo com a nota de imprensa citada pela Lusa.

O galardão vai ser entregue pela atriz Fernanda Matos, de 81 anos, que desempenhou o papel de Teresinha de “Aniki Bóbó”, o primeiro filme de ficção que Manoel de Oliveira realizou, em 1942.

A gala, que tem como ponto alto a entrega dos prémios “Seeds of Science”, os “Óscares” com que o jornal Ciência Hoje distingue investigadores e divulgadores portugueses da ciência – abre com a homenagem ao cineasta de 103 anos, que se realiza no Ano Europeu do Envelhecimento Ativo.

Gala da Ciência: “Seeds of Science”

A Gala da Ciência é um evento promovido em conjunto pelo jornal Ciência Hoje, a Ciência Viva, a ALTEC e o Casino da Figueira da Foz.

Esta, é considerada “a festa da ciência e do empreendedorismo que junta várias gerações de cientistas e personalidades da cultura, premiando as personalidades nacionais que se distinguiram nas diversas áreas científicas”.

Entre os distinguidos este ano com os “Óscares” da Ciência estão incluídos, Irene Fonseca, presidente da maior sociedade científica matemática norte-americana, que recebe o “Seed Consagração”, e o neurocientista Fernando Lopes da Silva, mundialmente conhecido pela sua investigação em epilepsia, galardoado com o “Seed Carreira”.

A ALTEC, em conjunto com a Syneron Candela, vai também atribuir o prémio “Laser” à Sociedade Portuguesa de Dermatologia, entregando-o ao presidente da instituição, Américo Figueiredo.

De acordo com as declarações do presidente da ALTEC à Lusa, o objetivo deste prémio é “chamar a atenção para as boas práticas no uso do 'laser'”, técnica que tem aplicação em quase todas as especialidades médicas, sendo a dermatologia uma das áreas na qual “tem tido uma grande aplicabilidade, com sucessos bastante grandes”.

[Notícia sugerida por Diana Rodriguez e Raquel Baêta]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close