Cultura

Maestrina Joana Carneiro distinguida nos EUA

A maestrina Joana Carneiro, atual diretora musical da Berkeley Symphony (EUA), foi premiada com o galardão Helen M. Thompson, uma distinção da Liga das Orquestras Americanas pelo seu talento.
Versão para impressão
A maestrina Joana Carneiro, atual diretora musical da Berkeley Symphony (EUA), foi premiada com o galardão Helen M. Thompson, uma distinção da Liga das Orquestras Americanas pelo seu talento.

A Liga das Orquestras Americanas justifica, em comunicado, a atribuição do prémio à maestrina portuguesa: “Em apenas uma época, o talento excecional de Joana Carneiro inspirou os músicos da Berkeley Simphony e aumentou a qualidade do seu desempenho”.

A nota destaca ainda o facto de a maestrina ter conseguido estabelecer “novas relações organizacionais e ligações mais profundas com o público”. “A resposta do público à liderança de Joana Carneiro pode ser medida pela taxa recorde de inscrições na orquestra na sua primeira temporada”, acrescenta o documento.

Com apenas 33 anos, Joana Carneiro manifesta à agência Lusa o seu grande apreço pela distinção: “É um prémio que me comove muito porque foi atribuído ao fim de muito pouco tempo à frente de uma orquestra americana e é um grande incentivo para nós continuarmos e continuarmos a sonhar muito alto em Berkeley”, revelou.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close