Cultura

Macedo de Cavaleiros: Livros nas mesas dos cafés

"Uma pausa para a leitura" é o convite que uma associação cultural de Macedo de Cavaleiros faz com a distribuição de centenas de livros pelos cafés transmontanos. A associação responsável pelo projeto quer estender a iniciativa a todas as vilas e cid
Versão para impressão
“Uma pausa para a leitura” é o convite que uma associação cultural de Macedo de Cavaleiros faz com a distribuição de centenas de livros pelos cafés transmontanos. A associação responsável pelo projeto quer estender a iniciativa a todas as vilas e cidades da região.

Em cada mesa um livro para folhear ou apenas despertar a curiosidade enquanto alguém toma, por exemplo um café, é a ideia da Potrica, um grupo de acção cultural do Nordeste Transmontano, como disse à Lusa, Luis Pereira, membro daquela associação.

A iniciativa arrancou em dois cafés da cidade de Macedo de Cavaleiros e proximamente será alargada a Torre de Moncorvo, Mirandela e Bragança, segundo aquele dirigente.

De acordo com Luís Pereira, o propósito é, durante pelo menos um ano, colocar livros nas mesas de cafés de cidades e vilas de todos os concelhos da região.

“É apenas um modesto contributo da Associação Potrica para promover o gosto e os hábitos de leitura na região onde está inserida”, refere a associação.

A iniciativa arranca com algumas centenas de livros disponíveis, mas a ideia dos promotores é conseguirem ir angariando mais.

Luís Pereira lamenta que tenham “escrito a quase todas as editoras a pedir livros e só duas ou três tenham respondido”. “Destroem-se milhões de livros nas editoras porque já não se vendem”, lamentou.

A Potrica espera conseguir convencer mais editoras e cada vez mais cafés a aderirem à iniciativa e tem já destino para os livros depois de folheados no lazer da região.

Luís Pereira contou que “no final vai ser colocada uma etiqueta/autocolante em cada um e vão ser postos a circular, partindo para os mais diversos destinos através da modalidade Crossing Book”.

“É como um bando de pombas que vai partir, fazem a viagem e regressam depois ao local de destino. Aí poderemos saber por onde andaram”, explicou.

Pão e poesia

A Associação Potrica, criada há três anos, em Macedo de Cavaleiros, tem-se dedicado à divulgação da leitura e da cultura, introduzindo sempre algum factor de originalidade.

Em 2007, aproveitou as comemorações do o centenário do nascimento do escritor transmontano Miguel Torga e decidiu oferecer “alimento” para o espírito a quem comprava pão ou bolos, permitindo leituras rápidas no caminho das compras.

Duas pastelarias de Macedo de Cavaleiros aceitaram imprimir nos sacos e caixas excertos dos textos de Miguel Torga oferecendo aos clientes “Pão, Torga e Poesia”, o nome da iniciativa.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close