Ciência

Lula-verme descoberta nas profundezas do Pacífico

Cientistas norte-americanos apresentaram esta semana uma nova espécie de lula-verme descoberta nas profundezas do oceano entre a Indonésia e as Filipinas, no mar de Celebes, no Oceano Pacífico.

Versão para impressão
[Fotografia: © Laurence Madin, Woods Hole Oceanographic Institution]
Cientistas norte-americanos apresentaram esta semana uma nova espécie de lula-verme descoberta nas profundezas do oceano entre a Indonésia e as Filipinas, no mar de Celebes, no Oceano Pacífico.

A criatura com o nome científico de Teuthidodrilus samae alimenta-se de plâncton, mede até nove centímetros e tem aproximadamente dez tentáculos.

Os pequenos tentáculos que apresenta na zona da cabeça podem ter, de acordo com os cientistas, propriedades sensoriais que permitem à lula-verme provar e cheirar debaixo de água, conforme refere a AFP.

A lula-verme, apesar da sua aparência “fantasmagórica”, desloca-se com elegância, por meio de finas protuberâncias que funcionam como remos ondulantes.

O Mar de Celebes é uma zona profunda isolada das águas circundantes mais superficiais e faz parte do Triângulo Coral, um centro privilegiado e único, quase imperturbado que alberga uma história geológica extraordinária.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close