Ciência

Lua de Saturno tem oxigénio e dióxido de carbono

Foram encontradas moléculas de oxigénio e dióxido de carbono na atmosfera de uma das luas de Saturno, Reia. A descoberta deve-se à sonda Cassini, da NASA, que tem vindo a recolher dados sobre o sistema daquele planeta. Contudo, avisam os cientistas,
Versão para impressão
[Fotografia: © NASA/JPL/Space Science Institute]

Foram encontradas moléculas de oxigénio e dióxido de carbono na atmosfera de uma das luas de Saturno, Reia. A descoberta deve-se à sonda Cassini, da NASA, que tem vindo a recolher dados sobre o sistema daquele planeta. Contudo, avisam os cientistas, as quantidades encontradas não chegam para garantir a sobrevivência humana.

“Todos os dados da Cassini indicam que Reia é demasiado fria e desprovida de água líquida, necessária para que exista vida tal como a conhecemos”, explica Ben Teolis, autor principal do estudo publicado na revista Science e citado pela agência espacial norte-americana.

Esta é a primeira vez que o oxigénio é detetado diretamente na atmosfera de outro planeta. Outras duas luas de Saturno reúnem fortes possibilidades de também possuírem o mesmo gás. Prevê-se, aliás, que a sonda se aproxime de um desses sistemas, Dione, no final de 2011, para analisar a sua composição.

Para esta missão, a NASA contou com a colaboração da Agência Espacial Europeia (ESA) e Italiana (ASI).

Consulte o comunicado oficial da NASA acerca desta descoberta clicando aqui.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close