Literatura

Literatura: Mia Couto finalista do “Nobel” dos EUA

Com a obra "Terra Sonâmbula", o escritor moçambicano Mia Couto está entre os nove finalistas do Prémio Neustadt 2014, um prestigiado prémio literário internacional dos Estados Unidos, conhecido como o "Nobel americano".
Versão para impressão
Com a obra “Terra Sonâmbula”, o escritor moçambicano Mia Couto está entre os nove finalistas do Prémio Neustadt 2014, um prestigiado prémio literário internacional dos Estados Unidos, conhecido como o “Nobel americano”.
 
Ao lado de escritores como o argentino César Aira, o norte-americano Edward P. Jones e a vietnamita Duong Thu Huong, Mia Couto faz parte da lista de nove nomeados para o Neustadt, tornando-se no primeiro escritor moçambicano a ficar entre os finalistas deste prémio.
 
Mia Couto foi nomeado pela escritora italo-etíope Gabriella Ghermandi, com a obra “Terra Sonâmbula”, de 1992, que é considerada um dos 12 melhores livros africanos do século XX.
 
O Prémio Neustadt é atribuído de dois em dois anos e tem um valor de 50 mil dólares, mais de 38 mil euros. Em 2012, o vencedor do prémio foi o indiano Rohinton Mistry.

Clique AQUI para consultar a página do prémio.


Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close