Mundo

Ladrão devolve a casal alianças roubadas há 15 anos

Foi como "um jovem tonto que quer corrigir um erro" que um ladrão assinou uma carta enviada aos proprietários de quatro alianças que roubou há cerca de 15 anos nos EUA. Arrependido do ato "estúpido", decidiu devolver os anéis de ouro.
Versão para impressão
Foi como “um jovem tonto que quer corrigir um erro” que um ladrão assinou uma carta enviada aos proprietários de quatro alianças que roubou há cerca de 15 anos nos EUA. O homem ou mulher, que não se identificou, disse ter-se arrependido do ato “estúpido” e, portanto, decidido devolver os anéis de ouro aos seus respetivos donos através do correio, junto com um pedido de desculpas.
 
A história é avançada pelo Huffington Post, que conta que as alianças desapareceram da casa da família Riphagen em 1998, durante a festa de anos de uma das filhas, Margot, hoje com 31 anos.
 
Espantada com o gesto, Margot publicou recentemente uma fotografia da carta, escrita à mão, no seu Facebook, e rapidamente a imagem chegou à plataforma de partilha de links e imagens Reddit, tornando-se viral.
 
“Estou a escrever-vos para vos pedir desculpa por ter na minha posse algo de que, tenho a certeza, sentem muita falta e que muito valorizam”, escreveu o ladrão misterioso, explicando que encontrou os anéis “enquanto fazia limpezas” e que decidiu, então, procurar o nome de Margot Riphagen nos anuários da escola secundária, na esperança de encontrar um contacto da família.
 
O autor da carta confessou ainda “lamentar muito qualquer dor” que as suas ações “possam ter causado” e disse esperar que a família possa encontrar forma de o perdoar. “Enquanto adulto, tenho noção da quantidade de sentimentos que podem estar associados a objetos como estes”, admitiu.
 
Carta causou grande surpresa na família
 
Através de um comentário publicado no Reddit, o utilizador WhoBeKnow, que disse ter andado na escola com as filhas do casal Riphagen, explicou que os anéis são “a aliança de casamento da mãe, um anel que o marido lhe deu quando a primeira filha nasceu e um par de alianças dos avós que estavam destinadas às crianças quando estas chegassem à idade adulta”.
 
Segundo a mesma fonte, “a família não está preocupada em descobrir quem enviou a carta e não vai procurar esse alguém, estando apenas muito satisfeita” por ter os anéis de volta. “São uma família amorosa e estou muito feliz por lhes terem devolvido estes objetos com tanto valor sentimental”, acrescentou o utilizador.
 
A história foi, esta segunda-feira à noite, confirmada pela própria Margot Riphagen, que disse ao Huffington Post ter ficado “chocada” quando se deparou com a encomenda em casa dos pais.
 
“Tinha ido visitá-los e andava a espreitar a correspondência enquanto tomava o pequeno-almoço quando dei de caras com a carta. A minha mãe disse-me: 'É melhor sentares-te' e eu abri-a e fiquei chocada, em especial porque não fazia sequer ideia de que os anéis que eram para mim e para a minha mãe existissem”, confessou.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close